quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Vindima em França vai ser a menor desde 1991

inShare

30 de Agosto, 2012

A vindima em França vai ser este ano a mais baixa desde 1991, com a
produção prevista a cair 17 por cento em relação à de 2011, para 42,5
milhões de hectolitros de uva para vinho, noticia a agência Efe.
A previsão foi divulgada pelo ministro da Agricultura francês,
Stéphane Le Foll, em comunicado, com os representantes do setor a
atribuírem a queda às condições climáticas.

A divulgação da informação ocorreu no final de uma reunião do ministro
e de representantes do sector vitivinícola francês.

O ministro disse, no texto, que a queda da produção «é uma situação
que se constata globalmente a nível mundial».

Os representantes do sector atribuem a redução da produção às geadas
da primavera, ao granizo e ainda à seca em algumas regiões, mas
garantem que a qualidade da uva anuncia-se «prometedora».

O ministro realçou o dinamismo da actividade vitivinícola em França,
que exportou 14 milhões de hectolitros por mais de sete mil milhões de
euros em 2011.

Este montante, comparou, equivale à venda de 154 aviões Airbus.

O ministro deu ainda conta da criação de uma plataforma europeia
comum, com Alemanha, Espanha e Itália, para defesa da manutenção do
direito de plantação de vinha na União Europeia, que em princípio
deverá acabar em 2015.

Um porta-voz do ministro disse à Efe que os quatro países querem «que
se mantenham os direitos de plantação» para além desse ano, porque
entendem que constituem «um sistema de regulação» e «apoio» ao
mercado, ao contribuir para a estabilidade dos preços.

Acrescentou ainda que o actual dispositivo permite um «seguimento da
qualidade», por exemplo das denominações de origem.

Os quatro países vão apresentar a sua pretensão à Comissão Europeia em
Setembro, a qual deverá ser discutida na reunião de um grupo de alto
nível especializado, programa para dia 21.

A supressão dos direitos de plantação a partir de 2015 foi decidida em 2008.

Lusa/SOL

http://sol.sapo.pt/inicio/Internacional/Interior.aspx?content_id=58017

Sem comentários:

Publicar um comentário