sexta-feira, 18 de maio de 2012

Produção leiteira nos Açores aumentou 12% no primeiro trimestre

sexta-feira, 18 de Maio de 2012 | 13:23
Imprimir Enviar por Email


A produção leiteira açoriana aumentou 5,4% no ano agrícola terminado
em março, impulsionada pela subida de 12% registada no primeiro
trimestre deste ano, revelou hoje o Serviço Regional de Estatística
(SREA).



De janeiro a março, o volume de leite entregue pelos produtores nas
indústrias de laticínios das ilhas atingiu cerca de 143 milhões de
litros, mais 15 milhões do que no período homólogo do ano passado.

Douro: Autarcas criticam secretário de Estado por não aceitar aguardente vínica produzida na região

Lusa - Esta notícia foi escrita nos termos do Acordo Ortográfico
13:12 Sexta feira, 18 de Mai de 2012
Partilhe este artigo: 0 0
Vila Real, 18 mai (Lusa) -- Os autarcas do Douro criticaram hoje a
posição do secretário de Estado do Desenvolvimento Rural de não
aceitar que a produção de aguardente vínica, necessária para o vinho
do Porto, seja feita exclusivamente na região demarcada.

A viticultura duriense está envolta numa crise que se arrasta há mais
uma década, afetando milhares de pequenos e médios produtores que se
queixam de que os rendimentos já não pagam os custos de produção do
vinho.

Homem morreu debaixo de tractor

Em Abade Neiva


Mais um acidente de trabalho com um tractor agrícola provocou a morte
de homem de 65 anos, na freguesia de Abade Neiva, esta sexta-feira.
Ao que a Rádio Cávado conseguiu apurar, o acidente terá acontecido
perto da hora do almoço. O homem de 65 anos, andava a lavrar um campo
perto de casa e o tractor ter-se-á virado junto a um valado. A família
só terá dado conta do acidente porque Américo Vilas Boas não aparecia
para almoçar à hora habitual. Quando o foram procurar deram com ele
debaixo do tractor.
O pedido de socorro caiu nos Bombeiros de Barcelos pouco depois das
duas da tarde. Estes fizeram deslocar para o local uma ambulância e um
carro de desencarceramento para retirar o corpo debaixo da máquina
agrícola. A VMER também esteve no local, mas o médico do INEM pouco
mais pode fazer do que declarar o óbito no local. O corpo do homem foi
depois removido pelos bombeiros para a morgue do hospital
Autor: Carlos Cunha

Floresta: Setor é uma das "tábuas de salvação" do país -- produtores Beira Interior

12:50 Sexta feira, 18 de maio de 2012

Castelo Branco, 18 mai (Lusa) - O setor florestal é uma das "tábuas de
salvação do país" porque tem as exportações que "maior valor
acrescentado trazem", destacou hoje o presidente da Associação de
Produtores Florestais da Beira Interior, António Abrunhosa.

O responsável falava em Castelo Branco na abertura da conferência 'A
contribuição da floresta regional para a saída da crise nacional',
organizada pela associação e pelo Jornal do Fundão.

Para destacar a importância do setor, António Abrunhosa comparou-o com
a antiga fábrica de componentes eletrónicos Qimonda, que era apontada
como uma das unidades mais importantes nas exportações nacionais.

Belmiro: campanha do Pingo Doce é «cara»

Presidente da Sonae diz respeitar iniciativa da Jerónimo Martins

PorRedacção Lígia Marta, TVI 2012-05-17 20:18

Belmiro de Azevedo diz respeitar a campanha promocional da Jerónimo
Martins, mas considera-a «cara», avança a TVI.

Comentários do fundador do grupo não só aos descontos de 50% que o
Pingo Doce ofereceu a quem fez mais de 100 euros em compras no dia 1
de maio, mas também à promoção mais recente da mesma cadeia, que dá
50% de desconto em carne.

Associação Feira Nacional do Cavalo dá as boas vindas à Expoégua 2012

2012-05-18 07:27:02

Partilhar



Um dos momentos da inauguração do certame


Exposições, conferências, gastronomia, romaria a São Martinho, provas
equestres, concertos musicais e largadas de toiros também fazem parte
do programa.

"Achega-se Maio, com os dias mais longos, expressivos da Primavera em
toda a sua plenitude, corroborada pelas novas cores e pelos novos
aromas, que a natureza faz ressurgir.
Na Golegã é tempo de ExpoÉgua, de Romaria e de enaltecer os produtos
genuínos da nossa terra, o Vinho, o Vinagre e o Azeite, que por aqui
acompanham e condimentam sopas de cagarrinhas, de saramagos, açordas
de sável ou ainda migas de peixe, entre outros ícones da gastronomia
local".

Intermarché anuncia preços "ainda mais baixos"... também nos frescos

Hipermercados apontados pela Deco como os mais baratos, surgem com
descontos na carne e legumes ainda mais baixos este fim-de-semana


Anúncio do Intermarché na imprensa
D.R.
18/05/2012 | 10:49 | Dinheiro Vivo
Carne, mas também legumes e fruta. Esta é a imagem que compõe o
anúncio de resposta à guerra de descontos de 50% na carne em que estão
envolvidos Pingo Doce, Minipreço, Carnes Meireles e supermercados
E.Leclerc.
"Nem com 50% chegam lá. No Intermarché os preços são sempre ainda mais
baixos", lê-se no anúncio em jeito de provocação, legitimada pelo
facto desta cadeia de hipermercados ser recorrentemente apontada pelos
estudos da Deco como uma das mais baratas a nível nacional.

É uma maçã ou uma pêra? É uma “pêrçã”

Cada fruto vai custar 1,20 euros. 18-05-2012 7:43

Sabe a maçã, parece uma maçã, mas tem a textura de uma pêra. No fundo,
não é nem uma coisa nem outra. Trata-se de uma invenção que vai ser
comercializada na próxima semana no Reino Unido.

A fruta, da família das pêras, é criada na Nova Zelândia e chama-se,
para já, T109. Mas bem pode ser chamada de "pêrçã".

A cadeia de lojas britânica Marks & Spencer espera produzir este tipo
de pêra em 2015. O perito em fruta da cadeia já provou a criação e
garante ter "um excelente e refrescante sabor, perfeito para um
pequeno lanche e uma alternativa divertida a 'uma maçã por dia'".

Vitacress vai fornecer alfaces para a McDonald’s

por Isabel Martins
18 de Maio - 2012

A Vitacress acaba de assinar contrato com a McDonald's para o
fornecimento de misturas de alfaces para saladas e sanduíches servidos
nos restaurantes desta cadeia. O fornecimento começa já no próximo mês
de junho e tem como base a variedade iceberg, que até aqui não era
produzida pela Vitacress.


Mário Barbosa, diretor geral da McDonald's, anunciou o acordo esta
manhã numa conferência de imprensa onde revelou que um terço das
compras da marca já são feitas a fornecedores portugueses, com
destaque para a Gallo nos azeites e vinagres; a Unilever e a Pascoal
nas sopas, a Campicarn para a carne de vaca, a LactAçores para a
manteiga e leite, a Heinz para a polpa de tomate, a Vegenat para a
cebola desidratada e a Campotec para o tomate fresco fatiado, maçã de
Alcobaça, abacaxi e palitos de cenoura, a que se junta agora a
Vitacress.

FIPA reconduz presidente

por Diogo Pereira
18 de Maio - 2012
Jorge Henriques foi reeleito presidente da Federação das Indústrias
Portuguesas Agroalimentares (FIPA), pelo 4.º mandato consecutivo.


Jorge Tomás Henriques, de 58 anos, assume assim mais um mandato à
frente dos destinos da FIPA, que representa o setor agroalimentar
português com um volume de negócios de 14 mil milhões de euros e 110
mil trabalhadores em Portugal.

Em comunicado a Federação refere que esta reeleição "representa um
voto de confiança por parte das associadas, no plano estratégico que
tem vindo a ser implementado e que tem conduzido à modernização do
movimento associativo do setor e a um ganho considerável de dimensão e
da sua capacidade de intervenção".

PARCA recebe propostas para regulação da atividade dos hipers

por Diogo Pereira
16 de Maio - 2012
Representantes dos agricultores, indústria alimentar e grande
distribuição entregaram as suas propostas legislativas para melhorar
as relações entre produtores e vendedores, no âmbito da PARCA.


Os parceiros da plataforma - CAP, CNA, CONFAGRI, CIP, FIPA,
CENTROMARCA, CCP e APED – confirmaram a entrega de propostas, mas
escusaram-se a revelar o seu conteúdo.

Travar "os abusos" das marcas próprias e regular a "atividade
parabancária" dos hipermercados são duas das propostas que a CNA
apresentou para melhorar as relações entre distribuição e
fornecedores. Em declarações, o seu dirigente, João Dinis, defendeu
alterações à legislação existente, mas também a criação de novas leis,
tendo em conta "o colossal desequilíbrio" nas relações entre os
intervenientes da cadeia agroalimentar.

Bonduelle autorizada a comprar Kelet-Food

por Diogo Pereira
16 de Maio - 2012

A autoridade da concorrência da Hungria deu luz verde ao processo de
aquisição da Kelet-Food, empresa húngara de conservas, pela Bonduelle.


A Kelet-Food, localizada em Nyiregyhaza, nordeste de Budapeste, tem
uma capacidade para produzir entre 25.000 a 30.000 toneladas de milho
doce enlatado e ervilhas, segundo o portal Futures.Tradingcharts.

Empresas cumpriram o prometido sobre publicidade para menores de 12 anos

Sector alimentar

14.05.2012 - 18:07 Por Lusa
Votar | 2 votos 9 de 14 notícias em Sociedade« anteriorseguinte »

O compromisso assumido pelas 26 empresas consistia em não apresentar
publicidade dirigida a menores de 12 anos (Foto: PÚBLICO)
Só na televisão não foi cumprido a 100% o acordo assinado por
empresas que se comprometeram a não fazer publicidade de alimentos e
bebidas dirigida a menores de 12 anos.

As 26 empresas que em 2011 se comprometeram a não publicitar alimentos
e bebidas sem recomendações nutricionais, cujo público-alvo são
crianças até aos 12 anos, cumpriram os objectivos traçados, revela um
relatóriode monitorização dos 'Compromissos do Sector Alimentar em
Portugal', uma iniciativa promovida pela Associação Portuguesa de
Anunciantes (APAN) e pela Federação das Indústrias Agro-Alimentares
(FIPA) em 2009.

Beja: I Encontro Ibérico de Plantas Aromáticas e Medicinais

Regional | 07:00 | 18-05-2012

Cerca de 250 participantes, na sua maioria produtores e
investigadores, nacionais e estrangeiros, marcam presença no I
Encontro Ibérico de Plantas Aromáticas e Medicinais que, hoje, vai
decorrer em Beja.

O auditório do Instituto Politécnico de Beja recebe, hoje, o I
Encontro Ibérico de Plantas Aromáticas e Medicinais, uma iniciativa
promovida pela ADPM-Associação de Defesa do Património de Mértola com
organização do CEBAL-Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar
do Baixo Alentejo e Litoral.

Com esta iniciativa que está integrada no 1ºFestival de Chás e Ervas
do Mundo, que está a decorrer em Beja e Mértola, pretende-se também
assinalar o Dia Internacional do Fascínio das Plantas que se comemora
nesta sexta-feira.

Cereja da Cova da Beira com mais qualidade este ano

Tempo de leitura: 1 m



A autarquia do Fundão já divulgou as ações de promoção da cereja da
Cova da Beira, que inclui a festa realizada anualmente em Alcongosta,
que vai decorrer de 7 a 10 de junho.

Antes, a 1 de junho, a divulgação acontece em Lisboa, para onde está
programada a entrega de centenas de "couverts" de cereja e um
almoço/conferência num hotel da zona do Chiado. As cerejas vão ao
Parlamento a 14 de junho e estarão ainda na Feira Nacional da
Agricultura, em Santarém. Este ano, estima-se que a produção na Cova
da Beira seja menor, embora o fruto seja maior e tenha mais qualidade.
«O principal problema foi o frio na altura da floração, que deverá
comprometer 30 a 40 por cento da colheita nas variedades intermédias e
tardias – que se apanham até final de junho. Isto representa uma
quebra efetiva da ordem das 2.000 toneladas, ou seja, a produção
ficar-se-à pelas 4.500 toneladas», disse Filipe Costa, diretor técnico
da Cerfundão, empresa de embalamento e comercialização de cerejas da
Cova da Beira.

E.Leclerc e talhos juntam-se à guerra dos descontos de 50% na carne

17 de Maio de 2012 às 17:49:45, por MEIOS & PUBLICIDADE
O proprietário do E.Leclerc do Entroncamento decidiu entrar na guerra
de preços da carne, disputada agora por três cadeias de supermercados.
Depois do Pingo Doce e do Minipreço terem anunciado reduções de preço
de 50% na compra de carne, é agora a vez do E.Leclerc Entroncamento
iniciar um desconto directo. "A promoção de 50% de desconto directo
nas carnes vai ter a duração de quatro dias, com início hoje e termo a
20 de Maio, mediante a apresentação do cartão de cliente E.Leclerc e
mediante a compra mínima de outros produtos, além da carne, no valor
de 25 euros", explica um comunicado do grupo.

Como cada loja do grupo E.Leclerc conta com gestão independente, esta
iniciativa foi definida pelo administrador da unidade do Entroncamento
e está disponível apenas nesta loja.

É urgente mudar a cor da Economia de castanho para verde

A opinião dos três convidados da conferência organizada pelo Expresso
e BES, no âmbito do Futuro Sustentável, teve uma linha comum: só há
futuro se empresas e governos se apressarem a entrar de uma vez por
todas numa economia que aproveite e respeite o ambiente.
Manuela Cipriano e Vitor Paiva (www.expresso.pt)
16:30 Quinta feira, 17 de maio de 2012

O Expresso e o BES reuniram ontem em Lisboa, no âmbito da iniciativa
conjunta do Futuro Sustentável, Pavan Sukhdev, líder do estudo TEEB -
The Economics of Ecosystems and Biodiversity, Carlos Pimenta, diretor
do CEEETA - Centro de Estudos em Ecnomia da Energia dos Transportes e
do Ambiente, e Pedro Afonso de Paulo, secretário de Estado do Ambiente
e Ordenamento do Território. Para estes especialistas a Economia tem
de se tornar definitivamente verde, ou não teremos futuro.

40 candidatos disputam seis terrenos do Estado

inShare

17 de Maio, 2012por Helena Pereira

O primeiro concurso para arrendamento de terras do Estado terminou
esta semana e teve 40 candidatos para seis lotes de terrenos agrícolas
na zona de Castelo Branco.Os terrenos variam entre os 24 e os 68
hectares.
A adjudicação vai ser rápida, em duas semanas, porque o Ministério da
Agricultura quer que ainda seja possível aos novos arrendatários
fazerem culturas de Primavera-Verão.

Dia do Fascínio das Plantas no Pavilhão do Conhecimento

17.05.2012

No Dia do Fascínio das Plantas, o Plantas no Pavilhão do Conhecimento
- Ciência Viva organiza uma sessão com o artista argentino Joaquín
Fargas e um painel de investigadores portugueses, desafiando a
descubrir como as plantas estão presentes em várias dimensões na nossa
vida, da ciência à economia, da arte à filosofia. A participação é
gratuita mediante inscrição.

A iniciativa decorre das 15h30 às 18h00.

A obra de Joaquín Fargas - três esferas transparentes com ecossistemas
auto-sustentáveis simbolizam a fragilidade do equilíbrio natural -
desafia a compreensão da natureza e apela à sua preservação.

Feira das Plantas

17.05.2012

A 18 de Maio, Dia Internacional do Fascínio das Plantas, a Escola
Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa organiza
a Feira das Plantas, uma feira ao ar livre com produtos de origem
vegetal, seminários e actividades para crianças.

"Na feira das plantas teremos flores comestíveis, provas de azeites,
cosméticos, doces e sumos orgânicos, plantas medicinais e aromáticas.
Oradores especializados falarão sobre o vegetarianismo, a origem das
plantas, os segredos do chá, biofuels, arte das plantas e coberturas
verdes. Haverá actividades para crianças apoiadas pela Fundação de
Serralves e um concurso de fotografia", explicam os organizadores.

Contactos:

Telem: 91.587.61.24

Email: mvasconcelos@porto.ucp.pt

http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1546516

Ciclo de Conferências "Nós e as Plantas"

17.05.2012

O Jardim Botânico da Universidade do Porto organiza, a 18 de Maio, Dia
Internacional do Fascínio das Plantas, o ciclo de conferências "Nós e
as Plantas". A entrada é livre.

Programa:

11h00: "As plantas que investigamos". Moderador: Alexandre Quintanilha, UP.

14h30: Fito-recursos e oportunidades económicas. Moderador: Jorge
Gonçalves, Vice-reitor UP.

17h00: As plantas e a sustentabilidade urbana. Moderadora: Teresa Andersen, UP.

21h00: O Fascínio das plantas na obra de Luís de Camões. Jorge Paiva,
Universidade de Coimbra.

Contactos:

Telef: 22.040.27.07

Email: juoliveira@fc.up.pt

http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1546513

Dia Internacional do Fascínio das Plantas em Elvas

17.05.2012

A Escola Superior Agrária de Elvas (ESAE) - Instituto Politecnico de
Portalegre (IPP) comemora, a 18 de Maio, o Dia Internacional do
Fascínio das Plantas com uma série de actividades. O evento é de
entrada livre, aberto a toda a comunidade.

Programa:

14h30 – Boas vindas pela Diretora da ESAE

14h45 – Projeto PRODER 18660: Colheita, conservação e valorização de
germoplasma de poejos e coentros no Alentejo

15h00 - Pastagens medicinais

15h15 - Visita às PAM da Parada do Quartel do Trem

15h45 – Exposição de fotografia e reprodução de desenhos técnicos de plantas

16h15 – Lanche aromático pedagógico

Contactos:

Telef: 268.628.528

Email: nfarinha@esaelvas.pt

http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1546509

Dia Internacional do Fascínio das Plantas no Campus de Oeiras

17.05.2012

Associando-se a outras entidades europeias, as instituições de
investigação do Campus de Oeiras propõem-se organizar um conjunto de
actividades a 18 de Maio, celebrando com o resto do mundo o primeiro
dia internacional do fascínio das plantas "Fascination of Plants Day".
Para este dia estão planeados uma série de roteiros de ciência e
natureza, actividades para todas as idades e concursos de
criatividade. Entrada Livre. É necessária inscrição.

Roteiro das estufas: da planta para fora (ITQB, Instituto de
Tecnologia Química e Biológica)

Visitar os ensaios a decorrer com plantas envasadas na estufa do ITQB.
Explicaremos processos básicos das plantas como a fotossíntese e
relações hídricas e apresentaremos as várias experiências em curso,
alertando para a sua relevância científica e para a sociedade. Entre
as espécies estudadas contam-se algumas de grande valor económico,
alimentar e florestal (arroz, videira, sobreiro, choupo).

Roteiros dos laboratórios: da planta para dentro (ITQB)

Como se faz uma planta? Dentro da planta podem estabelecer-se três
grandes níveis de organização fortemente interligados: o DNA, as
proteínas e os metabolitos. Mas o que são? e como os estudamos?

Roteiro das propriedades das plantas (ITQB)

À procura de plantas surpreendentes para combater a cólera

A cólera é uma doença provocada por uma bactéria que se multiplica
rapidamente no intestino humano produzindo uma potente toxina que
provoca diarreia intensa. Um dos projectos de investigação em curso no
ITQB procura encontrar plantas comuns com propriedades úteis no
combate à cólera, como por exemplo impedir o crescimento ou mesmo
matar as bactérias, neutralizar a toxina da cólera, ou servir como
suplemento de vitaminas e microelementos. As plantas podem também
servir para dar um sabor mais agradável à solução de água e açúcar,
usada na re-hidratação das crianças doentes. Neste roteiro, vamos
falar das plantas que usamos, de como preparamos as amostras e as
testamos e dos resultados que obtivemos até agora.

Labirinto de plantas (ITQB)

Os participantes deverão identificar a família de uma planta partindo
de uma prancha de herbário e seguindo um labirinto com perguntas de
sim/não sobre as suas características botânicas. Uma vez conseguida a
identificação, são propostas actividades interactivas que permitem
entender melhor a família em questão, seja pela diversidade da
população que incluem, quer pelos seus diversos usos e impacto na
sociedade, e no planeta.

Pintar com plantas (ITQB)

Os participantes são convidados a fazer actividades de pintura usando
pigmentos e corantes extraídos de plantas.

Roteiro da arte e ciência (IGC)

Pétalas, Píxeis e Pratos – um artista no laboratório

Durante a sua residência no Instituto Gulbenkian de Ciência, em
2010-11, Rob Kesseler, artista britânico, retratou as estruturas
microscópicas e os padrões celulares de plantas silvestres
Portuguesas, recorrendo a várias técnicas de microscopia. O resultado
do seu trabalho é uma coleção de imagens poderosas, extremamente
cromáticas, que se situam algures entre ciência e simbolismo. Num
reflexo da forma em que a ciência e o mundo natural se fundem com
muitos aspetos da vida diária, as suas imagens foram reproduzidas em
tecidos e numa coleção de porcelana produzida em colaboração com Vista
Alegre Atlântis. Pétalas, Píxeis e Pratos mostra uma parte do trabalho
de Rob Kesseler.

Roteiro dos pequenos frutos (ITQB, IBET, INRB)

Apresentação da cultura do morangueiro em estufa, diferentes
variedades, inimigos das culturas, etc.; avaliação gustativa de
morango e framboesa; compostos bioactivos e saúde.

Roteiro dos Nutraceuticos (IBET)

Compreender porque é que se diz que os chás ou os sumos fazem bem e
perceber as diferenças entre eles. Extração de compostos bioativos com
impacto positivo na saúde a partir de plantas e/ou frutos. Breve
actividade de identificação desses compostos por aplicação da técnica
"Cromatografia de Camada Fina".

Roteiro das Plantas Tropicais (Eco-Bio/IICT)

Exposição guiada de plantas de Moçambique (ligadas aos projectos em
curso no Eco-Bio) e derivados, fotografias, painéis e vídeos, com o
objectivo de mostrar as diversas potencialidades das plantas tropicais
para alimentação, saúde, habitação, energia, artesanato, mitos e
crenças. O Centro Ciência Viva de Sintra associa-se ao IICT nesta
iniciativa.

Roteiro A vinha e o vinho de Carcavelos (INRB)

O roteiro "A vinha e o vinho de Carcavelos" com início no átrio do
auditório principal da Estação Agronómica Nacional, vai proporcionar
uma visita à vinha com observação de diferenças existentes entre as
castas. Será ainda possível observar nas folhas das videiras a
manifestação de pragas e doenças que podem causar importantes
prejuízos económicos, como por exemplo, a filoxera e os sintomas de
vírus.O roteiro terminará na Adega onde será possível apreciar o aroma
do vinho de Carcavelos.

Roteiro dos habitats naturais (INRB)

"Passeios de observação da Flora e Habitats Naturais da Quinta do
Marquês" traduzidos em linguagem comum e referência a aspectos
utilitários, históricos, agrícolas, florestais, económicos e como
exemplo de relevância para a conservação da diversidade das plantas,
dos ecossistemas e paisagens. Guiado por Jorge Capelo, investigador na
área da Botânica e Ecologia da Vegetação do INRB.

http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1546508&utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+PublicoEcosfera+%28Publico.pt+-+Ecosfera%29

Políticas de Nova Geração para a Agricultura

OPINIÃO

José Martino


"Rui P. disse...

Boa tarde!

Percebo pouco de economia, mas como podemos considerar sustentável e
importante para a criação de riqueza no país uma actividade económica
que está altamente dependente de apoios/subsídios ao investimento e à
produção?

Se, no caso em concreto, existe um programa que suporta pelo menos 75%
dos custos de investimento, quem vai suportar estes custos no futuro
(aos quais ainda acrescem os subsídios à produção)? É certo que os
custos não são imputados directamente ao produtor mas, vindo o
dinheiro da UE, mais tarde ou mais cedo (directa ou indirectamente) o
país (todos nós) teremos de o pagar e com juros.

Vinhos: Produtor Encostas de Estremoz desenvolve incursão no mercado asiático através de Macau

Lusa - Esta notícia foi escrita nos termos do Acordo Ortográfico
13:01 Quinta feira, 17 de Mai de 2012
Partilhe este artigo: 0 0
Macau, China, 17 mai (Lusa) - O produtor de vinhos Encostas de
Estremoz realiza entre sexta-feira e sábado duas provas em Macau e
Hong Kong, numa primeira abordagem ao mercado asiático para o qual
engarrafou 40 mil garrafas de dois vinhos de gama alta.

"Um dos nossos mercados prioritários é o asiático e decidimos de uma
forma estratégica abordá-lo a partir de Macau, com sinergias
alicerçadas na cultura portuguesa, porque uma das barreiras de entrada
é a linguística e cultural", disse à agência Lusa o diretor comercial
da Encostas de Estremoz, Paulo Correia.

Portugal prepara-se para ficar fascinado pelas plantas

17.05.2012
Helena Geraldes

O primeiro Dia Internacional do Fascínio das Plantas junta nesta
sexta-feira 39 países com a ambição de aproximar a sociedade do mundo
vegetal. Portugal surpreendeu os organizadores ao ser o segundo país
com mais entidades aderentes, a seguir à Inglaterra.

De Norte a Sul estão marcadas 100 actividades, preparadas de propósito
por cerca de 70 entidades. "Foi uma surpresa, não estávamos à espera
desta receptividade. É extraordinário", disse ao PÚBLICO o coordenador
da iniciativa nacional, Nelson Saibo. O evento partiu da Organização
europeia para a ciência das plantas (EPSO, European Plant Science
Organisation) que, em Outubro, contactou a Sociedade Portuguesa de
Fisiologia Vegetal. A ambição é "chamar a atenção do público em geral
– e dos políticos - para a importância das plantas na nossa vida,
desde o ar aos alimentos. E o fascínio em todos os aspectos, não só a
beleza", acrescentou.

Calendário Venatório para 2012: pequenos passos na direcção da caça sustentável, mas muito ainda para fazer!

A nova portaria que define o calendário para as próximas três épocas
de caça foi publicada no seguimento de um processo inovador de
consulta das partes interessadas e de promoção de consensos. O
resultado deste processo foi uma série de pequeninos passos na
direcção de uma caça sustentável e da defesa dos recursos naturais,
que no entanto terão que ser reforçados nos próximos anos.


Foto: Rola-brava © Faísca


Foi publicada no dia 11 de Maio a Portaria 137/2012, que regulamenta o
exercício da caça no que diz respeito às espécies que se podem caçar,
aos processos de caça, ao calendário e aos limites diários de abate. O
Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural pôs em
prática um processo de audição das partes interessadas, que culminou
com uma sessão de trabalho para gerar consensos entre as organizações
de caçadores, as ONGAs e a administração. A SPEA participou neste
processo e constatou que os consensos são muito difíceis de atingir.
As confederações continuam a opor-se à tomada de medidas que
consideram desfavoráveis para a sua actividade, mesmo quando existe
informação que suporta a opção por essas medidas.

Perante a situação de impasse entre as organizações do sector da caça
e as ONGAs, o Secretário de Estado tomou decisões que não são ainda
suficientes para assegurar a durabilidade das espécies cinegéticas.
Espécies como a rola-brava, o zarro ou a negrinha enfrentam ainda uma
clara ameaça de decréscimo acentuado ou extinção no nosso país. Na
opinião da SPEA as decisões foram tomadas a favor dos interesses
imediatos do sector da caça, em detrimento da gestão sustentável desta
actividade:

1. Continua a caça com munições de chumbo, com riscos de contaminação
dos recursos hídricos e das espécies de aves aquáticas. Embora se
tenha dado um passo na proibição de toda a caça com chumbo, esta
vigora apenas nas zonas húmidas localizadas dentro de áreas
protegidas. Os caçadores poderão continuar a poluir com chumbo as
albufeiras, açudes e ribeiros e a envenenar as cadeias tróficas, desde
que o façam fora da rede de áreas protegidas.

2. A caça aos patos foi um dos temas que suscitou maior discussão. As
alterações no calendário foram cirúrgicas para evitar conflitos legais
com a Directiva Aves, mas no que diz respeito aos outros aspectos
ficamos aquém do esperado. Na prática continua a ser possível abater
espécies de patos com populações invernantes diminutas (menos de 1000
indivíduos), como o zarro e a negrinha e outras com populações
residentes ameaçadas, como a frisada e o pato-trombeteiro.

3. O caso da rola-brava é paradigmático da atitude do sector da caça.
Reconhecem o problema da redução drástica dos efectivos desta espécie,
mas estão dispostos a fazer muito pouco para reverter a situação. As
ONGAs pediam uma suspensão da caça à rola durante três anos,
acompanhada da investigação científica das causas de diminuição. O
SEFDR concedeu um adiamento de quatro dias no início da caça à espécie
e uma redução no limite diário de abate de 8 para 6 aves. Isto é um
"paliativo", para uma espécie cujas populações diminuíram dois terços
nos últimos 20 anos, e que enfrenta sérios perigo de extinção em
alguns países da Europa.

4. As ONGAs pretendiam que a publicação do calendário venatório fosse
anual, como foi até 2010, uma vez que as populações de espécies
cinegéticas podem variar de ano para ano. No entanto, o calendário foi
publicado por três anos, com a ressalva de ser "passível de revisão
anual para introdução de alterações que se mostrem necessárias"
(Artigo 5º).

Domingos Leitão, Coordenador do Programa Terrestre da SPEA, afirma que
"consideramos positivo o processo de audição e discussão implementado
pelo actual Secretário de Estado, mas o resultado é claramente
insuficiente". "Os cidadãos esperam mais do sector da caça, não basta
reconhecerem os problemas, é também necessário tomar decisões
consequentes no sentido da melhor gestão da caça."

A SPEA vai continuar a trabalhar junto da tutela e das organizações do
sector, em prol de uma mudança no sentido do rigor e da
responsabilidade no desenvolvimento da actividade. A SPEA considera
urgente:

• Banir o uso munições com chumbo em todas as zonas húmidas, para
erradicar os problemas de contaminação ambiental;
• Suspender da caça às espécies migradoras fortemente ameaçadas, como
a rola-brava, e trabalhar para que outros países façam o mesmo;
• Fixar a abertura da caça às aves aquáticas em Outubro, para
minimizar o abate de patos pertencentes às populações reprodutoras
ameaçadas e o abate de patos-reais em situação de muda da plumagem;
• Implementar um sistema credível e público de estatísticas da caça e
utilizar a informação da monitorização científica das populações de
aves para fundamentar as decisões em sede de calendário venatório.
A SPEA acredita que só estando na linha da frente da defesa das
espécies cinegéticas e da gestão responsável deste recurso poderemos
garantir que no futuro se possa continuar a caçar.

16 de Maio 2012

Fonte: spea

http://www.agroportal.pt/x/agronoticias/2012/05/18.htm

Talho local responde aos "gigantes" com descontos de 50%

Publicado ontem




84 13 0
Um grupo de talhos, com sede em Barcelos, decidiu "responder à letra"
aos gigantes da distribuição, fazendo, na sexta-feira e sábado, uma
promoção de 50% em todos as carnes de novilho e vitela.


foto ARQUIVO

Talho quer evitar fuga de clientes para hipermercados

Abílio Silva, gerente do grupo, disse à Lusa que esta foi a forma que
encontrou para tentar evitar que clientes "fujam de uma vez por todas
para as grandes superfícies".

"É a lei da sobrevivência. Nestas coisas, tem de ser olho por olho,
dente por dente. Sei que vou ter prejuízo com isto, mas, pelo menos,
seguro alguma clientela", acrescentou.

Comissário da Agricultura favorável a maior flexibilidade na componente verde da PAC

16-05-2012




Na reunião do Conselho de Agricultura da União Europeia a maioria dos
Estados-membros exigiram uma maior flexibilidade nos pagamentos da
política agrícola comum.

O comissário europeu da Agricultura, Dacian Ciolos, mostrou-se
favorável a menos restrições em algumas das suas propostas iniciais,
no entanto, defendeu no Conselho que há três questões não negociáveis.

Ciolos mantém a posição que a componente verde seja introduzida no
primeiro pilar da política agrícola comum (PAC), aplicada de forma
homogénea a todos os produtores da União Europeia e sobre 100 por
cento das terras elegíveis para os pagamentos.

UNAC, ANPC e ELO organizam seminário sobre reforma da PAC

Seminário reúne especialistas internacionais e nacionais




A UNAC - União da Floresta Mediterrânica, a ANPC - Associação Nacional
de Proprietários e Produtores de Caça e a ELO - European Landowners'
Organization vão organizar um seminário sobre a reforma da PAC (dia 21
de Maio | 15H30 - 18H00 | Hotel Altis em Lisboa).

A aplicação da futura Política Agrícola Comum (PAC) vai provocar
alterações profundas na agricultura europeia. As propostas
apresentadas pela Comissão Europeia para o próximo período de
programação da PAC, a decorrer entre 2014 e 2020, representam uma
ruptura com o passado com consequências cuja extensão é ainda de
difícil percepção.

Azeite - Saúde Fácil, Barata e Saborosa

OPINIÃO


Sérgio Lavado

Quantas vezes já ouvimos o slogan "somos o que comemos"? Vezes sem
conta! E em que pensamos? Verduras, frutas, carnes brancas, fibra e
acima de tudo a mínima gordura possível! Mas será de todo saudável não
consumir gorduras? A resposta a esta pergunta é um Não categórico! A
ingestão de gorduras (lípidos) é fundamental para o bom funcionamento
do organismo. Elas aportam parte importante das calorias (energia)
necessárias para os processos químicos do organismo e, além disso,
fornecem ácidos gordos, substâncias fundamentais para o bom
funcionamento do metabolismo, da reprodução e, por fim, da
sobrevivência do ser Humano.

Então, tomando como ponto de partida que é necessário consumir
gorduras, que tipo de gorduras devemos consumir? Muito fácil de
responder: as mais saudáveis! E quais são as mais saudáveis? As que
contém ácidos gordos monoinsaturados. E porque são estas gorduras as
mais saudáveis? Porque cumprem as funções metabólicas que se requerem
a qualquer gordura e, além disso, são as únicas que reduzem os níveis
de "colesterol mau" (LDL) e aumentam os de "colesterol bom" (HDL),
melhorando desta forma a circulação arterial e reduzindo o risco de
acidentes cardiovasculares. São por isso conhecidas como gorduras
"amigas do coração". E onde se podem encontrar em abundância os ácidos
gordos monoinsaturados? Dentro de uma garrafa de azeite (até 80% da
composição do azeite) em qualquer supermercado ou loja perto de si.
Pode encontra-lo 365 dias por ano, com a máxima segurança alimentar,
com um larguíssimo prazo de validade e com uma gigantesca diversidade
de utilização.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Huambo poderá contar com centro agro-ecológico

inShare

17 de Maio, 2012

A ministra do Ambiente, Fátima Jardim, no início desta semana que no
Huambo, que a comuna da Chipipa, a 18 quilómetros da capital da
província vai contar um centro agro-ecológico dentro de seis meses.
A infra-estrutura será uma mais-valia para os as agricultores, pois
visa garantir o aproveitamento dos solos, a produção de adubos e
também de biogás.

Por sua vez, a directora do Ordenamento do Território, Urbanismo e
Ambiente, Ana Paula de Carvalho, destacou a importância do centro no
fomento da agricultura local, tendo ressaltado que é uma área de
conservação ambiental que vai interagir os profissionais da
agropecuária e dotá-los de capacidades técnicas.

Angop/SOL

Barca Velha 2004 chega em Setembro por cem euros

17 Maio 2012 | 12:53
António Larguesa - alarguesa@negocios.pt

Um dos mais exclusivos vinhos portugueses regressará este ano ao
mercado, novamente pelo "paladar" do enólogo Luís Sottomayor. A Casa
Ferreirinha, detida pela Sogrape, produziu apenas 26.068 garrafas
numeradas, da colheita de 2004.
Esta é apenas a 17.ª colheita na história deste vinho nascido no Douro
em 1952, há precisamente 60 anos, e chega ao mercado em Setembro com
um preço de 100 euros. Até lá, e já a partir de Junho, apenas estará
disponível no Clube Reserva 1500 (o clube de sócios da Sogrape, a
empresa proprietária da Ferreirinha).

DESCIDA DE TEMPERATURA CONTINUA ATÉ DOMINGO

2012-05-17 (IM)
De acordo com as previsões do Centro de Previsão do Instituto de
Meteorologia, I.P. verifica-se hoje a descida de temperatura em todo o
território continental, mais acentuada nas regiões do litoral norte e
centro.

A descida de temperatura continuará a registar-se até ao próximo
domingo. Sendo acompanhada de precipitação em especial a partir de
amanhã, sexta-feira, nas regiões do norte e centro, podendo
estender-se à região sul no dia 20.

Vinicultura: Barca Velha é "90 por cento uvas e 10 por cento enologia" -- Luís Sottomayor

Lusa - Esta notícia foi escrita nos termos do Acordo Ortográfico
10:30 Quinta feira, 17 de Mai de 2012
Partilhe este artigo: 0 0
Marialva, 17 mai (Lusa) - O vinho Barca Velha "é 90 por cento uvas" e
"dez por cento enologia", resumiu o enólogo Luís Sottomayor, para quem
"não há cartolas mágicas" se as uvas e o ano não forem bons.

O vinho não vem sempre das mesmas videiras, "nem da mesma vinha", mas
"há uma aposta em algumas vinhas", explicou à Agência Lusa, na véspera
do lançamento da 17.ª edição daquela que é a marca rainha da Casa da
Ferreirinha.

Carne que vai entrar em promoção em supermercados é de confiança

Publicado hoje às 11:20

Apesar do considerável aumento do número de animais abatidos por causa
destes descontos, a Direção Geral de Veterinária diz que todos os
estes animais são «apropriados para consumo».

A Direção Geral de Veterinária garatiu que a carne que vai entrar em
promoção em duas redes de supermercados nos próximos dias é de
confiança.
Com o forte aumento das encomendas por causa destes descontos, as
autoridades foram obrigadas a reforçar a fiscalização em matadouros e
aviários.

Vinhos do Alentejo com 69 medalhas no Concours Mondial de Bruxelles

Dos 193 vinhos que a região do Alentejo tinha a concurso no Concours
Mondial de Bruxelles, um dos maiores e mais importantes concursos de
vinhos a nível mundial - cuja 19ª edição se realizou este ano
Guimarães - 69 foram medalhados (6 grandes medalhas de ouro, 21 de
ouro, 42 de prata). Para além das medalhas o Poliphonia Signature 2008
foi ainda considerado o Melhor Vinho Tinto do concurso.

Portugal, país anfitrião da 19ª edição do Concours Mondial de
Bruxelles, que este ano se realizou em Guimarães entre 4 e 6 de Maio,
é o país com mais medalhas relativas (32%), 297 em 925 vinhos a
concurso (10 grandes medalhas de ouro, 93 medalhas de ouro e 194
medalhas de prata) no conjunto dos quatro mais representados
respectivamente França, Espanha, Itália e Portugal. Já a França,
registou um número relativo de medalhas de 27% apesar de ter ganho em
termos absolutos com 670 medalhas para 2500 vinhos a concurso.

Leite de burra faz bem às exportações

11.05.2012
Filipe Carvalho e Miguel Carvalho exportam 99% da produção de leite de
burra em pó. A Ach Brito é o seu único cliente nacional.

Cada a vez mais raro e alvo de crescente procura, o leite de burra,
que apresenta grandes semelhanças com o leite materno humano, tem
aplicações possíveis na alimentação e indústria cosmética. Estas foram
algumas das frases-chave que Filipe Carvalho não conseguiu tirar da
cabeça a partir do momento em que as leu, casualmente, numa revista
com que matava o tempo numa longa viagem de comboio. A trabalhar numa
área comercial ligada à gestão de frotas automóveis, sentia-se a
precisar de mudar de vida e aquelas linhas impressas levaram-no a
pesquisar, fazer contas, pesar os riscos de um negócio que lhe parecia
claramente ter "patas" para andar. Decidiu avançar e, em 2008, nascia
a Naturasin – Criação de Gado Asinino, Lda, comprometida com a
preservação dos burros de Miranda, a única raça autóctone da espécie,
e com a afirmação de um projeto económico com potencial de
crescimento. E a verdade é que o leite de burra nacional – em pó
liofilizado como produto final – já chega a vários países europeus e,
sobretudo à Ásia, dando origem a sabonetes, cremes e artigos
similares. Destinos além-fronteiras que absorvem toda a produção
(99%), à exceção de uma ínfima parte reservada para a empresa nacional
de produtos de luxo Ach Brito.

Portugal é o país do top 4 mais bem classificado no Concours Mondial de Bruxelles

Portugal, país anfitrião da 19ª edição do Concours Mondial de
Bruxelles, que este ano se realizou em Guimarães entre 4 e 6 de Maio,
é o país com mais medalhas relativas (32%), 297 em 925 vinhos a
concurso (10 grandes medalhas de ouro, 93 medalhas de ouro e 194
medalhas de prata), no conjunto dos quatro mais representados
respectivamente França, Espanha, Itália e Portugal. Para além das
medalhas Portugal teve o vinho tinto com a pontuação mais alta, o
Poliphonia Signature 2008 (Alentejo), que conquistou o título de
Melhor Vinho Tinto do Concurso. Já a França, registou um número
relativo de medalhas de 27% apesar de ter ganho em termos absolutos
com 670 medalhas para cerca de 2500 vinhos a concurso.

Dois homens atingidos a tiro ao furtarem laranjas

OLHÃO

por José Manuel OliveiraHoje

Um deles ficou em estado grave com chumbo na cabeça, no pescoço e nas
costas, enquanto o outro foi atingido num braço. O suspeito dos
disparos é o proprietário do terreno agrícola, onde tem sido habitual
a prática de assaltos
Dois homens, de nacionalidade portuguesa, foram atingidos com tiros de
caçadeira, ontem, cerca das 20.00 horas, quando furtavam laranjas numa
quinta em Olhão, junto à Estrada Nacional 125.
Um deles ficou em estado grave, com chumbo alojado na cabeça, no
pescoço e nas costas, enquanto o outro acabou por ser atingido num
braço. Uma das vítimas ainda conseguiu telefonar para as autoridades,
tendo ambos sido levados para o Hospital de Faro. A Guarda Nacional
Republicana tomou conta da ocorrência.

Fecharam 220 talhos

Estima Associação de Comerciantes de Carne de Lisboa

Fecharam 220 talhos só no concelho de Lisboa desde 2011, estima a
Associação de Comerciantes de Carne, que exige a intervenção da ASAE
na próxima campanha de promoções do Pingo Doce, que oferece 50% neste
produto em compras superiores a 20 euros. O Minipreço também adoptou o
mesmo desconto.
16 Maio 2012Nº de votos (0) Comentários (0)
Por:S.P.


"Queremos saber se há dumping, a origem e a qualidade da carne", diz
ao CM Jacinto Bento, da associação. "Estamos numa baixa de preços, que
deveriam ser aumentados, pelo que alguém está a pagar menos por este
produto."

Birdwatching na Quinta das Carvalhas, no Alto Douro Vinhateiro

17.05.2012

A 28 de Maio, a Real Companhia Velha vai organizar uma sessão de
birdwatching na Quinta das Carvalhas, junto ao Pinhão, em pleno
coração do Alto Douro Vinhateiro, contando com a participação de Steve
Wratten (Universidade de Lincoln), neozelandês e especialista em
biodiversidade funcional.

A observação das aves vai ser orientada pelos investigadores do
Laboratório de Ecologia Aplicada (LEA/CITAB) da Universidade de
Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Paulo Travassos e Mário Santos, e
acompanhada por técnicos de viticultura da Real Companhia Velha – Rui
Soares, Álvaro Lopes e Sérgio Soares – e da Associação para o
Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID).

Deputados do PSD pedem ao Governo revisão das taxas nas áreas protegidas

Ambiente

17.05.2012 - 08:32 Por Samuel Silva
Votar | 0 votos 2 de 2 notícias em Política« anterior

Parque Natural de Montesinho (Paulo Pimenta)
Projecto de resolução do grupo parlamentar social-democrata acolhe do
banco de voluntários que pedestrianistas propõem.

Os deputados do PSD vão propor ao Governo que reveja a portaria que
regula as taxas cobradas pelas autorizações para caminhadas e outras
actividades nas áreas protegidas. Num projecto de resolução, que foi
entregue no Parlamento na terça-feira, os sociais-democratas defendem
também a criação de uma bolsa de voluntários, que colaborariam com os
vigilantes da natureza, e uma mudança das regras para residentes e
agricultores na área dos parques naturais.

Portugal tem 608,7 mil funcionários públicos

O número de trabalhadores públicos diminuiu em 2669 nos primeiros três
meses do ano, revelou hoje o Ministério das Finanças. A maior queda
aconteceu na administração central.
João Silvestre (www.expresso.pt)
12:32 Quarta feira, 16 de maio de 2012

No final do primeiro trimestre o Estado tinha 608,7 mil trabalhadores,
de acordo com dados da Síntese Estatística do Emprego Público hoje
divulgados pelo Ministério das Finanças. Este número representa uma
redução de 2669 funcionários desde o final de 2011, a maior parte na
administração central.

Escassez de alimento põe em risco 500 mil colmeias

Sector diz que as perdas rondam os 30% ou 40% e defendem ser
"essencial" o apoio do Governo. 16-05-2012 15:13 por Rosário Silva

Estão em risco 500 mil colmeias em Portugal. O alerta foi dado pela
Federação Nacional de Apicultores (FNAP) que mais uma vez diz estar
preocupada com a falta de recursos para alimentar as abelhas devido
aos efeitos da seca.

"Com estas consequências da seca, as perdas estão a atingir o dobro do
que era normal. O processo de alimentação não existiu. As perdas
rondam os 30% a 40% e essas 500 mil colmeias, 40% estão seriamente
ameaçadas", alertou o secretário-geral da FNAP, João Casaca.
Os apicultores, segundo responsável, não têm capacidade financeira
para alimentar os animais. Uma situação que "deveria ser contemplada
com o mesmo tipo de ajudas dadas a outras espécies de animais que
sofrem do mesmo problema, como as ovelhas, caprinos e bovinos. É
perfeitamente essencial existir um apoio semelhante para a
apicultura", argumenta João Casaca.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Incêndios: 18 concelhos em risco

Dezoito concelhos de Portugal continental apresentam, esta
quarta-feira, risco muito elevado de incêndio, o segundo mais grave de
uma escala de cinco.
9h55Nº de votos (0) Comentários (1)

O distrito de Faro é o mais afectado, com nove concelhos com risco,
seguido dos distritos de Santarém, Castelo Branco e Coimbra, todos com
três concelhos a apresentar também risco muito elevado de incêndio.

Minipreço antecipa-se ao Pingo Doce com desconto de 50% na carne

Distribuição

Eudora Ribeiro
16/05/12 18:36

O grupo espanhol responde à promoção do Pingo Doce e começa hoje a dar
descontos de 50% nas carnes embaladas.

O Minipreço, do grupo espanhol Dia, decidiu assim antecipar-se à
Jerónimo Martins, que lança amanhã uma campanha de desconto de 50% na
carne válida se o consumidor gastar pelo menos mais 20 euros em outros
produtos.

Quercus quer eletricidade de fonte 100% renovável em 2050

ARTIGO | TER, 15/05/2012 - 11:56

A Quercus defende que a totalidade da eletricidade utilizada em
Portugal em 2050 seja de fonte renovável e pede a reposição dos
incentivos fiscais à instalação de equipamentos solares para água
quente, apostando na utilização de energias limpas.
A propósito da conferência das Nações Unidas Rio+20 sobre
sustentabilidade, a Quercus inicia hoje a apresentação de cinco casos
de sucesso em outros tantos setores, em que a aposta foi para soluções
amigas do ambiente.
Nas "5 saídas verdes para a crise", nas quais foi criado "emprego
verde", estão em foco a agricultura biológica, a floresta, com a
cortiça, pescas e reabilitação urbana, além da energia solar, o caso
hoje apresentado em Cacia, Aveiro, na fábrica da Bosch
Termotecnologia.

70.000 t de azeite na campanha 2011-2012

A produção de azeite na campanha 2011-2012 deverá ter ultrapassado as
70 mil toneladas, o que representa um acréscimo de 10% face à campanha
anterior, segundo os resultados de dois inquéritos de âmbito nacional
e periodicidade anual promovidos pelo Gabinete de Planeamento e
Políticas (GPP), relativos à produção de azeite e de azeitona de mesa
na campanha 2011-2012. Os resultados estão disponíveis no site do GPP,
no âmbito do Sistema de Informação sobre o Azeite e a Azeitona de Mesa
(SIAZ). O inquérito mensal aos lagares de azeite e o inquérito
trimestral aos industriais da azeitona de mesa foram lançados em 2010,
na sequência da regulamentação comunitária que torna obrigatório que
cada estado-membro comunique mensalmente à Comissão Europeia
estimativas da produção mensal de azeite e de azeitona de mesa em cada
campanha.

AÇORES: Prejuízos da chuva na agricultura



http://videos.sapo.pt/zujfVqeDOMIhRBzP2ZDF

Agricultura: CAP pede ao Governo para acelerar pagamentos aos agricultores

15:43 Quarta feira, 16 de maio de 2012

Lisboa, 16 mai (Lusa) - O presidente da Confederação dos Agricultores
Portugueses (CAP), João Machado, apelou hoje ao Governo que acelere o
pagamento das ajudas comunitárias aos agricultores portugueses,
lembrando que estão por receber 120 milhões de euros.

O líder da CAP, que falava após uma reunião da Comissão Permanente de
Concertação Social, para avaliar a aplicação das medidas do acordo
tripartido assinado a 18 de janeiro, disse à Lusa que é importante
acelerar os compromissos que foram negociados, nomeadamente a nível de
ajudas comunitárias e execução do PRODER.

Governo garante que não está em causa classificação do Alto Douro Vinhateiro como património mundial

15.05.2012 13:11
VIDA

O Ministério do Ambiente garantiu hoje que a classificação do Alto
Douro Vinhateiro como património mundial não está ameaçada devido às
obras da barragem do Tua e adiantou que vai ser preparado um
relatório para responder às dúvidas da UNESCO.
Os esclarecimentos do Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente
e do Ordenamento do Território (MAMAOT) surgem na sequência da notícia
de hoje do jornal Público, segundo a qual a UNESCO (organização das
Nações Unidas responsável pela classificação do património comum da
humanidade) se prepara para mandar parar as obras da barragem de Foz
Tua por terem "um impacto irreversível" sobre a paisagem do Alto
Douro Vinhateiro.

Inquérito aos lagares de azeite e aos industriais de azeitona de mesa

15-05-2012




O Regulamento 826/2008, da Comissão Europeia, de 20 de Agosto,
relativo ao regime de ajuda à armazenagem privada de produtos
agrícolas, estabelece, no seu Anexo III, a obrigação de cada
Estado-Membro comunicar mensalmente à Comissão Europeia estimativas da
produção mensal de azeite e de azeitona de mesa em cada campanha.

Em Portugal, cabe ao Gabinete de Planeamento e Políticas (GPP), do
Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território
(MAMAOT), apurar e comunicar essa informação à Comissão Europeia.

População mundial consome 50% mais recursos do que o planeta oferece

por Diogo Pereira
16 de Maio - 2012
A população mundial está a consumir 50% mais recursos naturais do que
o planeta pode oferecer. Segundo o relatório Planeta Vivo, da rede
ambiental WWF, o crescimento da população "ameaça a segurança, saúde e
bem-estar do nosso futuro".


"Estamos a viver como se tivéssemos um planeta extra à nossa
disposição. Estamos a usar 50% mais recursos do que a Terra pode
produzir de forma sustentável e se não mudarmos esse rumo, este número
vai crescer rapidamente. Em 2030 até dois planetas não serão
suficientes", disse Jim Leape, diretor-geral da WWF Internacional.

Concertação Social dedicada hoje à agricultura

João Rosário
16 Mai, 2012, 14:15

A reunião de hoje da Concertação Social foi totalmente dedicada à
agricultura o que é desde logo uma novidade para os participantes.

VIDEO:
http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=554232&tm=8&layout=122&visual=61

Incêndios: Cinco concelhos de Portugal continental em risco 'muito elevado'

inShare

15 de Maio, 2012

Cinco concelhos de Portugal continental apresentam hoje risco de
incêndio «muito elevado», o segundo mais grave de uma escala de cinco,
informa o Instituto de Meteorologia (IM), na sua página na Internet.
Os concelhos em causa são Monchique, Portimão e Silves, no distrito de
Faro, e Pampilhosa da serra e Arganil, no distrito de Coimbra.

Ainda de acordo com a mesma fonte, onze outros concelhos do distrito
de Faro estão com risco elevado assim como cinco em Castelo Branco,
três nos distritos de Beja e Santarém, dois na Guarda e um nos
distritos de Portalegre e Coimbra.

Governo disponível para responder às dúvidas da UNESCO sobre Barragem do Tua

Sandra Henriques
15 Mai, 2012, 12:28 / atualizado em 15 Mai, 2012, 12:47


O Ministério do Ambiente não esclarece se vai parar as obras de
construção da Barragem do Tua, embora garanta estar totalmente
disponível para responder a todas as dúvidas da UNESCO.
O ministério tutelado por Assunção Cristas sublinha que o projeto de
decisão da instituição nada tem que afete a classificação do Alto
Douro Vinhateiro. Em comunicado, a tutela recorda que, tanto este
processo, como a construção da barragem, são da responsabilidade do
anterior Governo, pelo que ao atual Executivo não podem ser assacadas
responsabilidades.

Em causa está a intenção da UNESCO de travar as obras de construção da
Barragem do Tua. O Comité do Património Mundial da instituição acusa
as autoridades portuguesas de deslealdade por nunca terem referido a
intenção de construir a barragem no processo de candidatura do Douro a
património mundial.

Os Verdes pretendem confrontar ministra do Ambiente na Assembleia da República

DOURO

por LusaOntem

O partido Os Verdes anunciou hoje que pretende confrontar a ministra
do Ambiente, Assunção Cristas, "em breve", na Assembleia da República,
sobre a "proposta da Unesco para parar as obras da barragem de Foz
Tua".
"A ministra do Ambiente, que se tem mantido em silêncio total sobre
este assunto, vai ser brevemente confrontada por Os Verdes, em sede
parlamentar", afirma, em comunicado, o partido.
No comunicado, os Verdes dizem "regozijar-se com o teor da proposta da
Unesco relativamente à barragem de Foz Tua e ao Alto Douro Vinhateiro,
que vai ser debatida na próxima reunião do Comité Mundial", a ocorrer
em junho, em S. Petersburgo, na Rússia.
A edição de hoje do jornal Público avança que a Unesco se prepara para
mandar parar as obras da barragem de Foz Tua por terem "um impacto
irreversível e ameaçar os valores" que estiveram na base da
classificação do Alto Douro Vinhateiro como Património Mundial da
Humanidade, estando em análise uma missão conjunta de estudo à
situação.

Os bons resultados dos vinhos portugueses no Concurso Mundial de Bruxelas

Comentários 0Facebook 4Twitter 1
Por André Ribeirinho
15.05.2012
André Ribeirinho foi membro do júri do Concurso Mundial de Bruxelas e
resume algumas das conclusões e surpresas do 19.º Concurso Mundial de
Bruxelas, onde um vinho alentejano foi eleito como o melhor tinto.
As maiores surpresas dos resultados do Concurso Mundial de Bruxelas,
que decorreu em Guimarães no início de Maio, são, sem dúvida, a
eleição de um vinho do Alentejo como melhor tinto da prova e a
ausência de vinhos do Douro da lista de melhores vinhos do concurso.

O prémio de melhor tinto foi atribuído ao vinho do Alentejo Poliphonia
Signature 2008, por ter recebido, do júri, a melhor pontuação absoluta
de entre todos os vinhos que foram enviados para o concurso. Com esta
pontuação recebeu ainda uma das Grandes Medalhas de Ouro, a medalha
mais importante do concurso.

Quercus pede um país com electricidade 100% renovável dentro de 40 anos

15.05.2012
PÚBLICO

Portugal deve definir uma meta de 100% de energia eléctrica renovável
para 2050, pediu nesta terça-feira a Quercus, organização que
considera esta uma "meta ambiciosa, mas realista".

A cinco semanas da Cimeira do Rio+20, no Brasil, - onde os líderes
mundiais se vão reunir para promover a chamada "economia verde" –, a
Quercus entende que as renováveis são uma das cinco áreas que podem
ajudar Portugal a sair da crise. As outras são a agricultura,
florestas, pescas e reabilitação urbana.

Portugal comprometeu-se, para 2020, atingir uma quota de 31% de
energia renovável no consumo final de energia e cerca 60% de consumo
de electricidade.

PS questiona Governo sobre prevenção de incêndios

PARLAMENTO

por LusaOntem

A deputada socialista Isabel Santos afirma estranhar que, até ao
momento, não exista qualquer campanha de sensibilização para prevenção
de incêndios florestais e questiona a ministra da Agricultura se
alguma coisa será feita neste domínio.
Numa pergunta formal dirigida à ministra Assunção Cristas, que hoje
deu entrada na mesa da Assembleia da República, Isabel Santos
manifesta a sua "grande preocupação", assim como "espanto e estranheza
pelo facto de até à data não haver qualquer campanha de sensibilização
sobre a temática dos incêndios florestais no sentido de acautelar
comportamentos negligentes e procurar mobilizar os cidadãos na
prevenção destas ocorrências".

2011-2012 - Azeite extraído por mês


http://www.gpp.pt/Estatistica/SIAZ/Az_extraido_graficos.pdf

2011-2012 - Azeite extraído por região


http://www.gpp.pt/Estatistica/SIAZ/Az_extraido_graficos.pdf

Comissão promove projectos eco-inovadores

SEXTA, 11 MAIO 2012 10:56
A Comissão Europeia lançou um convite à apresentação de projetos
ecológicos inovadores, dotado de 34,8 milhões de euros. As empresas e
os empresários de toda a Europa podem candidatar-se ao financiamento
para os ajudar a comercializar novos projetos ambientais. Podem
participar todos os produtos, técnicas, serviços e processos
eco-inovadores destinados a prevenir ou a reduzir os impactos
ambientais ou que contribuam para uma melhor utilização dos recursos.
As candidaturas podem ser apresentadas até 6 de setembro de 2012,
sendo selecionados para financiamento cerca de 50 projetos.

Janez Potočnik, Comissário Europeu responsável pelo Ambiente,
declarou: «Nos últimos 4 anos, a eco-inovação financiada pelo PCI
ajudou mais de uma centena de produtos ecológicos inovadores a entrar
no mercado. O programa mostra como as empresas, devidamente apoiadas,
podem contribuir para que as nossas economias cresçam de forma
sustentável do ponto de vista ambiental. Gostaria de incentivar, em
especial, as PME a candidatarem-se ao financiamento, tendo em conta o
papel fundamental que desempenham no avanço da economia da UE, sendo
que, no último ano, já representavam mais de 65% das candidaturas».

Portucel. 15 mil novos empregos dependem de 40 mil hectares de eucaliptos

Por Isabel Tavares, publicado em 15 Maio 2012 - 03:10 | Actualizado há 1 dia 9 horas
O investimento estimado em perto de 2 mil milhões de euros está condicionado ao fornecimento de matéria-prima nacional


A Portucel quer construir uma nova fábrica em Portugal, mas para isso precisa de garantir matéria-prima suficiente para fornecer a unidade fabril. E quer a ajuda do governo.

A empresa tem três unidades fabris no país, mas importa mais de metade da matéria-prima de que necessita, com uma qualidade abaixo da nacional e ao dobro do preço.

O presidente da Portucel, Pedro Queiroz Pereira, considera que "é possível valorizar muito melhor do que tem sido feito o potencial florestal de Portugal", mas, como não tem surgido "o impulso dinamizador", continua "a desperdiçar-se um recurso renovável".

Governo diz que "impacto potencial" da barragem do Tua devia ser estudado

O secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, defendeu,
esta terça-feira, que se devia estudar "o impacto potencial" do
projeto da barragem do Tua numa região que é Património Mundial.


foto EDUARDO PINTO/JN

Obras da Barragem do Tua

O jornal "Público" noticiou, esta terça-feira, que o Comité do
Património Mundial da UNESCO vai exigir, numa reunião em junho, a
paragem imediata das obras de construção da Barragem de Foz Tua e quer
uma análise à situação da área de paisagem classificada do Alto Douro
Vinhateiro como Património Mundial.

Feira Nacional de Olivicultura estende-se a outros municípios

XII Olivomoura e I Salão de Caça e Pesca foram um êxito


A XII Olivomoura - Feira Nacional de Olivicultura e o I Salão de Caça
e Pesca, que terminaram no domingo, foram um êxito, tanto pelo número
de expositores e visitantes como pelo interesse das iniciativas
realizadas - considera a Câmara Municipal de Moura.

A feira teve um elevado número de participantes, ainda que de alguma
forma asa dificuldades económicas que atingem as famílias tenham
prejudicado esse afluxo. Do ponto de vista do volume de negócios, essa
é uma avaliação a ser feita nos próximos dias, através dos inquéritos
aos expositores e da percepção de todos aqueles que trabalharam no
certame. De qualquer forma, o balanço é claramente positivo, na medida
em que houve uma diversificação de actividades e um alargamento da
origem geográfica de feirantes e visitantes, o que, de acordo com o
vereador Santiago Macias, da Câmara de Moura, não aconteceu em
anteriores edições.

Pode o Douro vinhateiro perder designação da UNESCO?

PATRIMÓNIO MUNDIAL

Ontem

A UNESCO vai pedir em junho a suspensão dos trabalhos da barragem do
Foz Tua. Este pedido e as iniciativas do Governo para impedir que o
Alto Douro vinhateiro perca a classificação de "património mundial"
são explicadas por Gonçalo Pereira, editor executivo adjunto do DN.

VIDEO:
http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=2521363

Periquita "solta" a nova imagem

15 Maio 2012 | 18:52
António Larguesa - alarguesa@negocios.pt
Partilhar
21


Imprimir|Enviar|Reportar Erros|Partilhar|Votar|Total: 0 VotosTamanho
A marca de vinhos de mesa mais antiga de Portugal fez um "rebranding"
para se afirmar como "símbolo da Portugalidade, autêntico e real". Os
enólogos adaptaram o "estilo do vinho" à estética renovada.
A nova imagem da marca, acabada de lançar no mercado, recuperou
"alguns elementos visuais" presentes nos rótulos mais antigos deste
vinho, cuja marca foi registada em 1941. Além disso, reforçou o arco
característico do logótipo, agora "acompanhado de forma elegante pelo
formato do rótulo", divulgou a empresa num comunicado enviado ao
Negócios.

No âmbito desta operação, concretizada pelas agências nacionais Once
Upon a Brand e GBNT, a José Maria da Fonseca (JMF), proprietária da
marca, quis "actualizar o estilo e a linguagem", oferecendo aos
consumidores uma viagem virtual às caves da empresa através da leitura
do código QR (disponível em "smart phones") presente no contra-rótulo
de todas as garrafas do Periquita.

Concurso nacional de vinhos decorre em Santarém

Comentários 0Facebook 0Twitter 0
Por Fugas
15.05.2012
Até quinta-feira, decorre em Santarém o Concurso Nacional de Vinhos,
onde serão distinguidos os melhores do país. Centenas de
profissionais, incluindo jornalistas e especialistas internacionais,
põem à prova 640 vinhos.
No Centro Nacional de Exposições (CNEMA) de Santarém estão 300
provadores para apreciar 640 amostras de vinhos de cerca de 250
produtores de todo o país. É o Concurso Nacional de Vinhos, que
decorre até 17 de Maio, onde serão distinguidos os melhores vinhos
nacionais.

CNA apresenta na PARCA propostas para regulação legislativa da actividade dos hipermercados

A CNA acaba de entregar (11 Maio) na PARCA - Plataforma de
Acompanhamento das Relações da Cadeia Alimentar, um conjunto de
propostas para a REGULAÇÃO LEGISLATIVA da actividade das grandes
cadeias de distribuição e comercialização (hipermercados) com especial
incidência na comercialização de Bens Agro-Alimentares.

São propostas para alteração de legislação já existente como :

-- Decreto-Lei 370/93 - Práticas Comerciais Restritivas;
-- Decreto-Lei 118 / 2010 - Prazos de Pagamento Obrigatórios;
-- Decreto-Lei 21 /2009 - Regime de autorização a que estão sujeitas a
instalação e a modificação de estabelecimentos de comércio;
-- Decreto-Lei 57/2008 - Práticas Comerciais Desleais.
São também propostas para criação de nova legislação por forma a
restabelecer o equilíbrio de interesses entre a Produção/Transformação
e os Hipermercados, os quais, no momento, exercem uma verdadeira
"ditadura comercial" esmagando a Produção Nacional, manipulando os
Consumidores e provocando o brutal défice comercial com bens
agro-alimentares.

Fruit Attraction 2012 reforça a sua promoção internacional em Portugal

por Diogo Pereira
14 de Maio - 2012
A Fruit Attraction, feira Internacional de Frutas e Verduras que se
realiza de 24 a 26 de Outubro em Madrid, participa na jornada "Mercado
Ibérico: sinergias? Estratégias e internacionalização?" que hoje (14
de maio) se realiza em Lisboa.


A conferência é promovida pela Portugal Fresh, a Associação para a
Promoção de Frutas, Legumes e Flores de Portugal e o Mercado
Abastecedor da Região de Lisboa (MARL) para mostrar aos profissionais
do setor hortofrutícola portugueses as oportunidades que oferece o
âmbito ibérico e as estratégias que se podem desenvolver num quadro de
uma economia global e exigente.

Sovena destrona Deoleo ao tornar-se primeiro embalador de azeite em Espanha

por Diogo Pereira
15 de Maio - 2012
O grupo português Sovena tornou-se em 2011 o primeiro embalador de
azeite em Espanha com 138 mil toneladas, destronando assim a companhia
Deoleo, que ocupa agora o segundo lugar do pódio.


A fábrica da Sovena em Espanha concentra a sua atividade não só na
refinagem e embalagem de azeite, mas também no óleo de semente, avança
o portal espanhol Besana.

Embora o seu principal mercado seja o espanhol, a sua atividade de
exportação tem crescido significativamente, especialmente graças aos
produtos private label, incluindo o Sunny.

UE: Apoio a uma política agrícola mais verde

Dacian CIOLOS, Comissário europeu e Mette GJERSKOV, Ministra
dinamarquesa da Alimentação, Agricultura e Pescas. Foto: Conselho da
União Europeia


O Greening é um dos principais novos elementos na reforma da Comissão
da Política Agrícola Comum. É, no entanto, uma proposta que é difícil
de se adaptar às diferentes condições dos diferentes Estados membros.

"A proposta sobre 'greening' é essencial para a reforma da Política
Agrícola Comum. O Conselho apoia amplamente as ambições verdes, mas o
debate de hoje mostrou preocupações sobre o aumento da burocracia, e
precisamos de ter em consideração as diferenças naturais", disse a
presidente, a Ministra dinamarquesa da Alimentação, Agricultura e
Pescas, Mette Gjerskov.

UMA VISÃO PARA AS FLORESTAS

OPINIÃO

Paulo Pimenta de Castro
Presidente da Direção da Acréscimo


TERÇA-FEIRA, 15 DE MAIO DE 2012


Na sequência de 11 meses de MAMAOT, importa começar a avaliar os
resultados da atuação do ministério sobre problemas que atingem a
Floresta Portuguesa, e sobre as suas consequências. Mas, mais
importante, é imperioso saber, ao fim deste tempo, qual a Visão que o
Governo tem para o futuro dos espaços florestais e do sector económico
a que estes servem de suporte.

Sem uma Visão para as florestas serão avulsas as medidas de política
florestal que este e futuros governos venham a pretender implementar,
bem como nunca poderão ser optimizados os instrumentos que venham a
ser criados. Efetivamente, numa análise aos últimos 15 anos,
concretamente desde a publicação de Lei de Bases da Política
Florestal, em 1996, constata-se uma ineficaz implementação das medidas
e dos instrumentos de política florestal.

Peneda-Gerês: projecto pioneiro vai detectar fogos florestais a 15 quilómetros através de análise óptica ao fumo

Por Agência Lusa, publicado em 14 Maio 2012 - 19:32 | Actualizado há 1
dia 13 horas
Share on printImprimir Share on tweetEnviar


O Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) vai receber um sistema
pioneiro de vigilância através de espetrometria ótica com capacidade
de reconhecer fumo orgânico de fogos florestais a 15 quilómetros de
distância, através de um sensor ótico.

A instalação deste equipamento, confirmada hoje à Agência Lusa por
fonte oficial da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), deverá
ser concretizada em 16 semanas, apresentado o sistema a "capacidade
única" de reconhecer fumo orgânico, através de uma análise química da
atmosfera por espetrometria ótica.

Pingo Doce com nova promoção de 50% este fim-de-semana

Os supermercados da Jerónimo Martins oferecem 50% na compra de carne
para compras superiores a 20 euros no supermercado


Promoções voltam ao Pingo Doce
D.R.
15/05/2012 | 18:22 | Dinheiro Vivo
Os supermercados da Jerónimo Martins já têm uma nova campanha
promocional. Mais 50% mas desta vez apenas na carne.
Na prática o que o supermercado pretende é que os clientes gastem pelo
menos 20 euros no supermercado, com direito a pagar apenas metade do
preço na compra de carne.

Chuva e frio voltam a partir de amanhã

TEMPERATURAS NÃO VÃO ULTRAPASSAR OS 20º

Hoje


Fotografia © Arlindo Camacho
O Verão abandona Portugal. O calor vai deixar de se sentir a partir de
amanhã. Na próxima quinta-feira, segundo o Instituto de Meteorologia,
as temperaturas vão baixar cerca de 10 graus. A chuva também estará de
volta a todo o território.

As temperaturas elevadas de 30 graus vão desaparecer antes do fim de
semana. A partir de quinta-feira voltam as nuvens e o tempo frio. As
temperaturas vão cair cerca de dez graus.

Publicados resultados dos inquéritos aos lagares de azeite e industriais de azeitona de mesa

por Diogo Pereira
15 de Maio - 2012
O Gabinete de Planeamento e Políticas (GPP), do Ministério da
Agricultura, publicou os resultados (ver aqui
http://www.gpp.pt/Estatistica/SIAZ/index.html) apurados dos dois
inquéritos, divulgados anualmente, sobre os lagares de azeite e
industriais de azeitona de mesa. Trata-se de um regulamento da
Comissão Europeia (CE), que obriga cada Estado-Membro a comunicar à CE
as estimativas da produção mensal de azeite e de azeitona de mesa em
cada campanha.


Com esse objetivo, o GPP lançou em 2010 dois inquéritos, os quais, um
mensal aos lagares de azeite e um trimestral aos de azeitona de mesa.

Cultura do tabaco pode recuperar nesta campanha

por Diogo Pereira
15 de Maio - 2012

A produção de tabaco nos Açores, onde existem duas fábricas, ambas em
S. Miguel, atingiu 50 toneladas no ano passado, menos 17 do que em
2010, mas a indústria tem boas perspetivas para a campanha deste ano.


Segundo a edição online do Expresso, a área cultivada em 2010 era de
27 hectares, tendo a produção atingido as 67 toneladas, enquanto no
ano passado a área cultivada foi reduzida para 24 hectares e a
produção caiu para 50 toneladas.

Em ano de menos produção mais gente procura emprego na apanha da cereja

João Ricardo de Vasconcelos / Pedro Carvalhinho
15 Mai, 2012, 14:07 / atualizado em 15 Mai, 2012, 14:07

Os dias frios, a seca severa e as últimas chuvas fazem adivinhar uma
menor produção de cereja na Cova da Beira. Em ano de crise são muitas
as pessoas que já procuram trabalho na época da apanha da fruta.

VIDEO

terça-feira, 15 de maio de 2012

O Vinho e o Mundo Rural

Dia 22 de Maio, realiza-se a sessão pública de apresentação do
Congresso Nacional do Vinho e do Mundo Rural a partir das 15 horas nas
instalações da Mata do Bussaco.

A AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho, irá organizar
um congresso de impacto nacional sobre a temática do mundo rural e o
desenvolvimento sustentável dos territórios, tendo como vetor de
desenvolvimento o vinho e toda economia associada a este sector.

Para que o congresso tenha o maior alcance possível prático, serão
desenvolvidas a partir de 2012, 10 fóruns regionais de debate por
todas as regiões do país, incluindo ilhas.

Estado contrata 21 aviões para combate aos incêndios

Fase "Bravo" arranca hoje

15 Maio 2012 | 11:00
António Larguesa - alarguesa@negocios.pt
Partilhar
5


Imprimir|Enviar|Reportar Erros|Partilhar|Votar|Total: 0 VotosTamanho
O Governo contratou este ano 21 aviões a privados para ajudar no
combate aos fogos florestais durante a "Fase Bravo", que arranca hoje
e se prolonga até 30 de Junho. A este dispositivo, juntam-se sete
meios aéreos estatais no dispositivo especial, que complementa o
efectivo dos bombeiros voluntários. No total, são mais quatro aviões
do que em 2011.

Incêndios: Bombeiros profissionais dizem que crise não põe em causa combate aos fogos

12:00 Terça feira, 15 de maio de 2012

Lisboa, 15 mai (Lusa) -- O presidente da Associação de Bombeiros
Profissionais defendeu hoje que o combate aos incêndios florestais não
será afetado pelas dificuldades financeiras das associações, já que
essas verbas estão orçamentadas e são asseguradas pela Autoridade
Nacional de Proteção Civil.

Apesar de admitir que algumas corporações de bombeiros vivem com
muitas dificuldades financeiras e algumas já não têm crédito nas
gasolineiras, Fernando Curto garante que esse problema não vai afetar
o combate aos fogos.

Incêndios: Cinco concelhos em risco “muito elevado”

Portugal continental

Cinco concelhos de Portugal continental apresentam esta terça-feira
risco de incêndio "muito elevado", o segundo mais grave de uma escala
de cinco, informa o Instituto de Meteorologia (IM).
8h05Nº de votos (1) Comentários (0)



Os concelhos em causa são Monchique, Portimão e Silves, no distrito de
Faro, e Pampilhosa da Serra e Arganil, no distrito de Coimbra.

Risco de incêndio 14-5-2012

http://www.meteo.pt/pt/ambiente/risco.incendio/

IPCC quer mais políticas de minimização de eventos climáticos extremos

2012-05-14


Na recta final antes da cimeira Rio+20, o Painel Inter-Governamental
sobre Alterações Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) tem feito um
esforço de promoção do último relatório oficial sobre os riscos de
eventos extremos. Quinta-feira, o presidente do IPCC, Rajendra
Pachauri, esteve em Bruxelas para apresentar as conclusões do
relatório aos decisores europeus e contou também com os esforços
assumidos pela Comissária do Clima: Connie Hedegaard: no início do
próximo ano, a Comissão Europeia vai propor uma política comunitária
de adaptação, que incluirá uma obrigação para cada Estado-Membro de
elaborar planos de gestão de riscos.
No documento, a principal conclusão é de que as políticas de
preparação e resposta a desastres extremos provocados pelas alterações
climáticas podem minimizar as consequências destes eventos. E isto
mesmo tendo em conta as diferenças regionais nos eventos extremos
previstos.

ONU inicia nova ronda negocial sobre o clima

14.05.2012
Ricardo Garcia

Eliminar o hiato entre o que os países estão a fazer e o que dizem que
estão a fazer para conter o aquecimento global é o ponto central de
mais uma roda negocial das Nações Unidas, que começou nesta
segunda-feira em Bona, Alemanha.

Sobre a mesa, voltam a estar o futuro do Protocolo de Quioto, um novo
processo para se chegar a um tratado que o substitua e o problema do
financiamento aos países mais pobres.
Nas próximas duas semanas, cerca de 5000 representantes, de 181
países, vão tentar dar mais um passo além das decisões da última
conferência anual da ONU sobre alterações climáticas, em Durban, em
Dezembro, preparando o caminho à nova reunião prevista para Doha, no
Qatar, no final do ano.

Fórum Gestão Agrícola junta dezenas de associações do sector agro-alimentar para discutir desafios futuros

25 de Maio 2012 – 10h30 / 17h30 – Hotel Miragem Cascais

Como podem as organizações de produtores ajudar melhor as empresas do
sector agro-alimentar? É com base nesta questão que a FZ AGROGESTÃO se
lança na organização do Fórum Gestão Agrícola.
O evento vai decorrer no próximo dia 25 de Maio, no Hotel Miragem em
Cascais, e conta com a presença de personalidades de mérito
reconhecido para apresentação de um conjunto de temas de relevo para o
sector.
É sabido que numa altura de grande instabilidade surgem sempre boas
oportunidades mas é necessário identificá-las e percebê-las. Este
Fórum pretende juntar os actores principais do sector associativo
agrícola e adereçar alguns desafios e oportunidades que este enfrenta.
Da racionalização de custos ao marketing, passando pela gestão
comparativa e do risco.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Aguardente vínica pode ser solução para problemas da Região Demarcada do Douro

Por mundolusiada | 14 maio, 2012 as 3:21 pm | Nenhum comentário

Da Redação


A Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM Douro) apresentou aos
deputados da Assembleia da República a "exclusividade da produção da
aguardente vínica na Região Demarcada do Douro" como essencial para
resolver a "grave crise" que atravessa. "Entre as medidas estratégicas
a tomar, destacamos a importância de se garantir a exclusividade da
produção de aguardente à Região Demarcada do Douro", disse o
presidente da CIM Douro.

José Cascarejo, também presidente da Câmara de Alijó, falava na
comissão parlamentar de Agricultura e Mar, onde a CIM Douro foi ouvida
a pedido do PCP, em 08 de maio.

Melhor tinto do mundo é de Henrique Granadeiro

Vinhos

Económico com Lusa
14/05/12 19:40


O melhor tinto do Concurso Mundial de Bruxelas 2012 é de Henrique Granadeiro.

O vinho Poliphonia Signature 2008, produzido no Alentejo pelo gestor e
empresário Henrique Granadeiro, é o melhor vinho tinto do Concurso
Mundial de Bruxelas de 2012, foi hoje anunciado oficialmente pela
própria organização.

"É um vinho elaborado com base na casta Alicante Bouschet, fermentado
em lagares de mármore e que estagiou cerca de 15 meses em barricas de
carvalho francês", disse à Agência Lusa o enólogo responsável pelo
Poliphonia Signature, Pedro Baptista.

Componente verde da PAC no centro de debate entre ministros da UE

14-05-2012



Na reunião de Conselho de ministros da Agricultura da União Europeia a
componente verde da reforma da política agricola comum voltou a ser
tema de debate.

A proposta apresentada pela Comissão Europeia (CE) estabelece que os
produtores recebam um pagamento base de ajuda aos seus rendimentos, o
qual pode ser complementado com outro pagamento verde da política
agrícola comum (PAC), por realizar certas práticas agrícolas
consideradas benéficas para o ambiente, um pacote para o qual a CE
propõe dirigir 30 por cento aos envelopes nacionais.

Agricultura: Feira nacional em Santarém destaca produção nacional de frescos de 02 a 10 de junho

16:39 Segunda feira, 14 de maio de 2012

Santarém, 14 mai (Lusa) -- A Feira Nacional da Agricultura (FNA), que
vai decorrer de 02 a 10 de junho em Santarém, vai este ano chamar a
atenção para a importância do consumo dos produtos nacionais, em
particular dos frescos, em época própria.

"Vamos mostrar o que de melhor se produz em Portugal em frescos,
alertando para uma alteração dos hábitos dos consumidores que os leva
a procurarem determinados frutos fora de época", obrigando à
exportação, afirmou Luís Mira, secretário-geral da Confederação dos
Agricultores de Portugal e administrador do Centro Nacional de
Exposições e Mercados Agrícolas, na apresentação da edição deste ano
da FNA.

Alpiarça: Produtores mostraram como produzem cabazes que fornecem no âmbito do PROVE

17:46 Domingo, 13 de maio de 2012

Alpiarça, Santarém, 13 Mai (Lusa) -- Um almoço convívio juntou hoje os
cinco produtores do núcleo PROVE de Alpiarça e os consumidores que
recebem os cabazes de produtos biológicos fornecidos numa
periodicidade semanal ou quinzenal.

A iniciativa, que visou assinalar o primeiro ano de distribuição dos
cabazes por parte destes produtores, começou por uma visita a algumas
das explorações agrícolas envolvidas no projeto.

Cultura de tabaco pode iniciar recuperação em 2012 depois das quebras em anos anteriores

14 DE MAIO DE 2012, 10:22
Partilhar: Facebook Twitter
AÇORES



A produção de tabaco nos Açores, onde existem duas fábricas, ambas em
S. Miguel, atingiu 50 toneladas no ano passado, menos 17 do que em
2010, mas a indústria tem boas perspetivas para a campanha deste ano.

Os dados estatísticos disponibilizados à Lusa indicam que a área
cultivada em 2010 era de 27 hectares, tendo a produção atingido 67
toneladas, enquanto no ano passado a área cultivada foi reduzida para
24 hectares e a produção caiu para 50 toneladas.

Moura: Jardim com variedades de oliveira do Alentejo abre sábado para promover olivicultura

10:45 Quinta feira, 10 de maio de 2012

Moura, 10 mai (Lusa) - Um jardim com as variedades de oliveira mais
tradicionais do Alentejo abre sábado na cidade alentejana de Moura
para promover a olivicultura, uma das principais atividades económicas
do concelho e da região.

O Jardim das Oliveiras Miguel Hernández pretende "promover a
olivicultura, demonstrando a sua importância histórica, cultural e
económica" no concelho de Moura e no Alentejo, "marcados" pela
produção de azeite, explicou hoje à agência Lusa o vereador da Câmara
de Moura Santiago Macias.

Confederação dos Agricultores denuncia Ministério "sobrecarregado" e "irracional"

Ana Sanlez, RTP
14 Mai, 2012, 12:06 / atualizado em 14 Mai, 2012, 12:08


Inácio Rosa, Lusa
Onde há menos de um ano havia dois ministérios, hoje existe apenas um
tutelado por Assunção Cristas. Mas a fusão das pastas da Agricultura e
Pescas com a do Ambiente e Ordenamento do Território foi, para o
presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal, uma má
decisão do Governo e um "plano de marketing para as eleições" que deve
ser corrigido. Numa entrevista publicada na edição desta segunda-feira
do Jornal de Negócios, João Machado não poupa críticas ao MAMAOT,
acusando o organismo de má gestão das verbas comunitárias.
Um Ministério que é um "pavor". É com palavras duras que João Machado
classifica a atuação do Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e
Ordenamento do Território nos 11 meses que leva de mandato. Para o
presidente da Confederação dos Agricultores, o pacote "dois
ministérios pelo preço de um" implementado pelo Executivo de Passos
Coelho foi uma medida danosa para o setor agrícola nacional.

Fim das touradas seria uma "catástrofe" que arrastaria "milhares de pessoas" para o desemprego

Por Agência Lusa, publicado em 14 Maio 2012 - 13:03 | Actualizado há 2
horas 4 minutos
Share on printImprimir Share on tweetEnviar

A proibição das corridas de toiros em Portugal é um cenário que o
setor descarta, alegando que a medida seria uma "catástrofe" que
arrastaria para o desemprego "milhares de pessoas" e "aniquilaria" a
economia de vários concelhos.

Diogo Costa Monteiro, da Federação Prótoiro, disse hoje à Agência Lusa
que, além de "uma machadada na cultura, identidade e liberdade dos
portugueses", a proibição conduziria a um "flagelo económico e
ambiental".

Mateus Rosé homenageia passado com nova imagem

14 de Maio de 2012 às 12:41:10 por Rita Gonçalves


A Sogrape Vinhos apresentou a nova imagem de Mateus Rosé. O novo
grafismo homenageia a origem deste vinho rosé com 70 anos.



"Tocar na imagem de uma marca com tanta história e personalidade como
Mateus Rosé, exige, antes de tudo, respeitar o seu passado", afirma
Rita Vilas-Boas, Directora de Marketing da Sogrape Vinhos.

Com linhas simples e sofisticadas, o novo rótulo homenageia a história
da marca aos mesmo tempo que refresca e moderniza a imagem icónica da
garrafa de vinho rosé.

Aveiro e Católica associam-se a cursos no sector da cortiça

Formação

Joana Moura
14/05/12 08:25

Portugal exporta essencialmente rolhas de cortiça e a ideia deste
curso é incentivar a criação de outros produtos a partir desta matéria
prima.

Centro de Formação Profissional da Indústria de Cortiça lançou a
iniciativa. Tudo em nome da exportação.

Cursos avançados para executivos do sector corticeiro. Foi assim que o
CINCORK (Centro de Formação Profissional da Indústria de Cortiça)
chamou aos três novos cursos que integrou no seu plano de formação
para 2012 e que desenvolveu em parceria com a Universidade de Aveiro,
a Católica Porto Business School e a APCER - Associação Portuguesa de
Certificação. "Gestão Industrial e Energia", "Marketing e Gestão" e
"Ferramentas de Gestão no Sector da Cortiça" serão algumas das
temáticas do plano formativo do centro de formação do sector e
destinam-se somente a empresários e quadros de empresas do sector da
cortiça, tendo início previsto para Setembro.

Mau cheiro: Delegada de saúde diz que população não corre risco

Publicado hoje às 08:12
Os moradores de Pedroso de Gaia queixam-se do mau cheiro de uma
fábrica. Em causa pode estar carne em putrefação. A delegada de saúde
de Espinho e Gaia diz que não há risco para a população.


Os moradores de Pedroso de Gaia queixam-se do mau cheiro e receiam que
possam estar perante um problema de saúde pública, mas a delegada de
saúde de Espinho e Gaia já garantiu à TSF que não há qualquer perigo.
No lugar do Monte da Senhora, em Gaia, uma fábrica de processamento de
alimentos em processo de insolvência pode esconder toneladas de carne
em putrefação.

Empresas alteram publicidade de alimentos para crianças

SAÚDE

por LusaHoje

As 26 empresas que em 2011 se comprometeram a não publicitar alimentos
e bebidas sem recomendações nutricionais, cujo publico-alvo são
crianças até aos 12 anos, cumpriram os objetivos traçados, revela um
relatório.
As conclusões resultam do primeiro relatório de monitorização dos
'Compromissos do Sector Alimentar em Portugal', uma iniciativa
promovida pela Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN) e pela
Federação das Indústrias Agro-Alimentares (FIPA) em 2009, a que a
agência Lusa teve acesso.
O compromisso assumido pelas 26 empresas do setor alimentar passa por
não apresentar "publicidade a géneros alimentícios dirigida a crianças
menores de 12 anos através da televisão, publicações e Internet,
excetuando-se os produtos que preencham critérios nutricionais que
tenham por base evidências científicas aceites e/ou recomendações
nutricionais, nacionais ou internacionais aplicáveis".

Mais meios no combate a incêndios

Secretário de Estado

O reforço de meios no dispositivo de combate aos incêndios florestais
é uma possibilidade em aberto, admitiu ontem o secretário de Estado da
Administração Interna, Filipe Lobo d'Ávila.
1h00Nº de votos (0) Comentários (0)



O responsável disse mesmo à agência Lusa que os meios disponíveis
superam os de 2011. "Temos mais meios, embora o ano seja atípico e de
enorme sobrecarga de todo o dispositivo".

Empresários madeirenses vão divulgar produtos regionais em Londres

ARTIGO | DOM, 13/05/2012 - 15:13

Um grupo de empresários madeirenses (so setor primário, incluindo as
pescas e agro-industriais) levará na próxima semana produtos regionais
para serem promovidos em Londres. O convite partiu da Associação
Empresarial Santana Madeira Londres que, também na próxima semana,
realizará a tomada de posse dos seus órgãos sociais.
O anúncio foi feito no início desta tarde por Manuel António Correia,
secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, na Ilha,
freguesia que está a realizar este fim-de-semana a XI Exposição
Regional do Limão.

E você, tem nariz para master of wine?

Por Manuel Carvalho
14.05.2012

Portugal, apesar dos pergaminhos, não tem nenhum "master of wine", um
prestigiado diploma para sábios do vinho que, anualmente, apenas uma
média de oito candidatos consegue obter. Para ajudar a colmatar essa
lacuna foi criada uma bolsa no valor de 14 mil euros. </p>
Já ouviu falar de David Molyneux-Berry? Pois é um egípcio com o
diploma "master of wine". E Lisa Perrotti-Brown? É uma cidadã de
Singapura que também integra o restrito grupo de 299 membros de 23
países que obtiveram o difícil e prestigiado título de "master of
wine".

Se por acaso quiser o nome ou os nomes dos que em Portugal obtiveram
essa espécie de doutoramento associado ao vinho, esqueça. Portugal é
um dos mais antigos países produtores de vinho do mundo, com marcas
internacionais como o vinho do Porto, foi o primeiro a criar a
primeira denominação de origem protegida no sentido moderno do termo,
mas não tem um único master of wine.

Dispositivo de combate será reforçado se necessário

13 DE MAIO DE 2012, 08:17
Partilhar: Facebook Twitter
INCÊNDIOS



O secretário de Estado da Administração Interna, Filipe Lobo D´Ávila,
admite um reforço do dispositivo de combate a incêndios florestais
durante o verão em caso de necessidade, mas garante que os meios são
superiores aos de 2011.

"Não excluímos, de facto, que para fazer face a uma situação
excecional tenham de ser adotadas medidas excecionais, não excluímos
esse cenário. O dispositivo que agora é reforçado na fase 'Bravo' e
que vai ser novamente reforçado na fase 'Charlie' é comparativamente
ao que existia no ano passado, superior", disse à agência Lusa Filipe
Lobo D´Ávila.

Um morto em acidente com trator agrícola em Alpiarça

Publicado ontem


Um acidente com um trator que se virou num terreno agrícola em
Alpiarça provocou este domingo a morte ao condutor do veículo.

De acordo com a fonte do CDOS de Santarém, o alerta foi dado às 15.09
horas e o homem faleceu no local, mas ao final da tarde ainda
decorriam no local operações de remoção do cadáver.

Potenciar os negócios e a exportação

Este é o principal objectivo da Festa do Vinho, Produtos Regionais e
Turismo, que se vai realizar de 31 de Maio a 2 de Junho na cidade de
Peso da Régua

A Festa do Vinho, Produtos Regionais, & Turismo, realiza-se desde 2006
e tem como objectivo primeiro proporcionar encontros de negócios entre
produtores de vinho e produtos regionais e importadores de diversos
países.

Este ano a Festa do Vinho, Produtos Regionais & Turismo, vai decorrer
no Pavilhão Multiusos Municipal António Saraiva, na cidade de Peso da
Régua.

Metade das adegas do Douro com dificuldades económicas

Lusa
13 Mai, 2012, 18:15

O caso da Adega de Santa Marta de Penaguião não é o único no Douro:
cerca de 50 por cento das 20 cooperativas espalhadas pela região
demarcada estão em dificuldades financeiras.
O presidente da União das Adegas Cooperativas da Região Demarcada do
Douro José Manuel Santos disse à agência Lusa que existem neste
território 20 unidades e grupos cooperativos que possuem cerca de 20
mil associados.

Estas adegas representam 40 por cento do vinho de mesa produzido na
região e cerca de 30 por cento do vinho do Porto.

Bolsa de terras: "Estamos a falar de um grande bluff"

14 Maio 2012 | 00:01
Isabel Aveiro - ia@negocios.pt

A confederação de agricultores já mandou o seu parecer para a comissão
parlamentar onde se fará o debate sobre a proposta do Governo para a
criação de uma bolsa de terras: embora a intenção seja bem-vinda, a
redacção da lei é "doutrinária", inaplicável na sua totalidade, e de
actuação pequena para os problemas da agricultura. E nunca deveria ter
sido associada à reforma agrária, sublinha João Machado.

domingo, 13 de maio de 2012

Santa Marta de Penaguião: Futuro da adega passa por sacrifício dos associados

17:07 Domingo, 13 de Mai de 2012
Partilhe este artigo: 1 0
Santa Marta de Penaguião, 13 mai (Lusa) -- A viabilização da Adega de
Santa Marta de Penaguião passa pela dilatação do prazo de pagamento da
dívida, o não pagamento das últimas duas colheitas ao viticultores e a
manutenção dos associados que acreditam cada vez menos na sua
sobrevivência.

A autarquia local pagou cem mil euros à empresa Deloitte por um estudo
de viabilização económica da Caves Santa Marta, o qual foi apresentado
hoje aos associados em reunião.

Santa Marta de Penaguião: Câmara ajuda a combater desemprego nas vinhas do Douro

16:15 Domingo, 13 de Mai de 2012
Partilhe este artigo: 0 0
Santa Marta de Penaguião, 13 mai (Lusa) -- A Câmara de Santa Marta de
Penaguião retoma em junho o "Programa + Emprego" que vai dar trabalho
a 50 pessoas até agosto, período em que quase não há que fazer nas
vinhas do Douro.

Inserido em plena Região Demarcada do Douro, o concelho de Santa Marta
de Penaguião tem como principal atividade económica a vitivinicultura.
Só que, segundo o presidente da autarquia, o socialista Francisco
Ribeiro, o setor está a atravessar "uma crise brutal".

Alunos de agricultura fazem estágios no Brasil (VIDEO)

João Pacheco de Miranda/ André Velloso
13 Mai, 2012, 13:39

Num cenário de crise há quem acredite que a agricultura pode ser uma
solução. Na escola de Fermil, em Celorico de Basto, aumentou a procura
de cursos. Alguns alunos têm a oportunidade de enriquecer a formação
com estágios no Brasil.

Exposição de Chá na ilha de S . Miguel

A exposição "Chá em S. Miguel. Cultura e Vivências" está patente ao
público no Núcleo de santa Bárbara do Museu Carlos Machado.
A exposição intitulada "Chá em S. Miguel. Cultura e Vivências" está
patente no Núcleo de Santa Bárbara do Museu Carlos Machado.
Esta mostra, que resulta de uma parceria estabelecida entre o Museu e
a Confraria do Chá Porto Formoso, tem como objectivos apresentar e
contextualizar a história e as vivências relativas à cultura da
"Camellia sinensis", que marca a paisagem de S. Miguel e se constitui
como parte integrante do património identitário da ilha.
Englobando dois momentos distintos, relativos, por um lado, ao cultivo
e produção do chá e, por outro, às vivências e rituais associados ao
seu consumo.

Era uma cerveja se faz favor

Bebidas

António Freitas de Sousa
13/05/12 11:05

Pedir uma cerveja é tão natural como ter sede. Uma naturalidade
repetida tantas vezes, que as cervejeiras são colossos empresariais.

Vivemos com ela há mais de seis mil anos: a cerveja foi uma das
primeiras bebidas alcoólicas a serem criadas pelo homem e, a par do
vinho - e de alguns produtos vegetais - foi sempre de utilização quase
medicinal no capítulo da distensão muscular e do alheamento
circunstancial. Nem sempre foi um produto bem aceite: chegou a ser a
bebida dos rufiões e das classes mais pobres nas primeiras décadas da
Revolução Industrial e, até há bem pouco tempo, ninguém que prezasse a
sua imagem social cometia o dislate de acompanhar com uma cerveja um
almoço ou um jantar em público. Apesar disso, nunca deixou de ser
fabricada, de ser estudada e de ser uma fonte de investigação e de
inovação. Só faltava ser também uma fonte líquida de grandes lucros.
Agora, também já é.

Fase “Bravo” começa terça-feira com área ardida cinco vezes superior a 2011

13.05.2012 - 08:35 Por Lusa

Nos primeiros três meses do ano, a GNR deteve 75 pessoas por suspeita
de fogo posto em floresta (Nelson Garrido)
A fase "Bravo" de combate a incêndios florestais começa na
terça-feira com mais de seis mil bombeiros operacionais, num ano
atípico em que a área ardida já é cinco vezes superior à registada no
período homólogo em 2011.

Segundo a Autoridade Florestal Nacional, os fogos consumiram, nos
primeiros quatro meses do ano, 33.019 hectares de floresta, quando a
área ardida no mesmo período do ano passado se situava nos 6406.

O último resumo estatístico provisório de dados de incêndios
florestais indica que entre 1 de Janeiro e 30 de Abril se registaram
10.160 fogos, cerca de quatro vezes mais do que no mesmo período de
2011, quando deflagraram 2830.