segunda-feira, 30 de julho de 2012

Assunção Cristas: DGV recolhe desde janeiro as amostras de alimentos que eram da ASAE

Desde o início deste ano a ASAE deixou de recolher as amostras de
alimentos, como a carne, antes de chegar aos pontos de venda


Assunção Cristas
D.R.
30/07/2012 | 12:34 | Dinheiro Vivo
A direção-geral de Veterinário é que faz desde o início deste ano a
recolha de amostras de alimentos que antes era feita pela ASAE e não
há "nenhum" problema de saúde pública em termos de fiscalização
alimentar, garantiu hoje a ministra da Agricultura no Parlamento.
"Não existe nenhum problema para a saúde pública. Os alimentos estão a
ser analisados e a saúde dos portugueses não está em risco, apesar de
ter sido reduzida a participação da ASAE" em termos de fiscalização
alimentar, afirmou Assunção Cristas na comissão parlamentar de
Agricultura e Mar dedicada à Politica Agrícola Comum (PAC).
A ministra admitiu que desde o início deste ano a ASAE deixou de
recolher as amostras de alimentos, como as de carne à saída dos
matadouros, antes de chegar aos pontos de venda, mas explicou que esta
alteração não prejudica ou põe em causa a segurança alimentar.

"Não há nenhum problema para a saúde pública, nem há nada a ser
descurado nesta matéria. O que ouve foi no inicio deste ano um
entendimento entre a DGV e a ASAE para racionalizar custos, a ASAE
deixou de recolher as amostras e passou a ser a DGV porque tem meios
para o fazer", afirmou numa resposta aos deputados.
Assunção Cristas frisou, por várias vezes, que a ASAE deixou de
recolher as amostras, mas isso "não quer dizer que ninguém as faça" e
defendeu que a alteração na recolha de amostras visou uma "melhor
gestão dos recursos humanos e financeiros".
A ministra lembrou aos deputados que o controlo sanitário é uma
matéria "muito importante para a segurança dos consumidores nacionais,
mas também dos estrangeiros.
"O Japão vem agora ver o nosso sistema de controlo para permitir a
exportação futura da nossa carne", acrescentou Assunção Cristas,
explicando que a recolha das amostras não é regular durante todo o
ano, uma vez que há amostras que "só podem ser recolhidas em certa
altura do ano".
Os esclarecimentos da ministra surgem depois de O Jornal de Notícias
noticiar que a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE)
deixou de recolher amostras a pedido da DGAV, informação que foi
confirmada à agência Lusa pelo Inspetor-geral da ASAE, António Nunes.

http://www.dinheirovivo.pt/Economia/Artigo/CIECO054610.html?page=0

Sem comentários:

Publicar um comentário