quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Exportações portuguesas para o Brasil atingem novo recorde

Portugal vendeu US$ 104,4 milhões em janeiro e alcançou o seu quarto
superávit comercial com o Brasil no espaço de oito meses.

Jorge Horta


Azeite, gasolina, bacalhau e pêras são alguns dos produtos mais vendidos.
Brasília - As exportações portuguesas para o mercado brasileiro
atingiram em janeiro a marca de US$ 104,4 milhões, um novo recorde
mensal, depois do recorde de US$ 102,9 milhões que já tinha sido
alcançado em dezembro, de acordo com os dados do Ministério do
Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

As vendas portuguesas para o Brasil tiveram em janeiro um crescimento
de 109% em termos homólogos, mais do que duplicando o registro de
janeiro do ano passado. Além disso, as exportações lusas foram
superiores às exportações brasileiras para Portugal, gerando um
superávit de mais de US$ 36 milhões a favor de Lisboa.

No primeiro mês do ano o Brasil vendeu US$ 67,7 milhões, com uma queda
de 69% em comparação com janeiro do ano passado, segundo os números do
MDIC.

Nos últimos oito meses, esta é já a quarta vez que Portugal obtém um
saldo comercial positivo nas suas trocas com o Brasil. A balança já
tinha sido favorável à economia portuguesa em junho, setembro e
novembro de 2011 e voltou a ser em janeiro de 2012.

No primeiro mês do ano as exportações portuguesas para o Brasil
beneficiaram da venda de mais de US$ 33 milhões em gasolinas, que
foram o principal produto da pauta. O azeite, com mais de US$ 14
milhões, foi o segundo produto português mais comprado pelo Brasil em
janeiro, representando 13,8% do total.

O Brasil, por seu turno, exportou para Portugal essencialmente açúcar
de cana, que gerou mais de US$ 37 milhões de faturação. O óleo de
soja, com pouco mais de US$ 5 milhões, foi o segundo produto mais
exportado pelo Brasil para o mercado português. O trigo, o café e o
calçado também surgem no topo da lista.

Globalmente, o Brasil fechou o primeiro mês do ano com US$ 16,1
bilhões de exportações, mais 6% do que em janeiro de 2011. As
importações brasileiras foram de US$ 17,4 bilhões, subindo 17,6% face
ao ano passado e deixando o país com um déficit comercial de US$ 1,29
bilhão. Em todo o ano 2011 o Brasil não tinha tido nenhum mês com
saldo negativo.

http://www.portugaldigital.com.br/noticia.kmf?cod=13089289&canal=158

Sem comentários:

Publicar um comentário