quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

FIMA 2012 aposta na tecnologia para enfrentar a crise

por Emília Freire, em Saragoça*
15 de Fevereiro - 2012
A 37ª Feira Internacional de Máquinas Agrícolas – FIMA 2012, abriu as
portas esta terça-feira, em Saragoça, numa altura em que a crise
ensombra as economias europeias. Para enfrentar o momento difícil do
mercado, ibérico em particular, os fabricantes apostam na eficiência
energética e de consumo, e em tecnologia de ponta.

"Temos um recinto cheio", com 1.182 expositores (59,4% estrangeiros,
tornando a edição deste ano na mais internacional de sempre), que
ocupam mais de 133.000 metros quadrados, em nove pavilhões, e
"esperamos mais de 200 mil visitantes" nos cinco dias de feira,
garantiu à VIDA RURAL Alberto J. López, diretor da área Agroalimentar
da Feria de Zaragoza.

Os expositores são de mais de 30 países, sendo que Portugal tem 18
empresas presentes e é o segundo país em termos de visitantes.
A feira, que é o principal ponto de encontro do setor e plataforma de
lançamento de novos produtos na Península Ibérica, foi inaugurada pela
presidente do Governo de Aragão, Luisa Fernanda Rudi, com a presença
do delegado do Governo de Aragão, Gustavo Alcalde, o mayor de
Zaragoza, Juan Alberto Belloch, o ministro da Agricultura de Aragão,
Modesto Lobon, e a equipa da Feria de Zaragoza chefiada pelo seu
presidente, Manuel Teruel, bem como o presidente da Comissão
Organizadora do FIMA 2012, Javier Seisdedos.
Após a cerimônia de abertura, a delegação oficial visitou os nove
halls da feira, que é caraterizada pelo seu compromisso com a
tecnologia e inovação na agricultura. Durante a visita, o destaque foi
para os prémios atribuídos às inovações técnicas na FIMA 2012, que
distinguiu 33 inovações, em três categorias.
Falando à imprensa, o presidente da Feria de Zaragoza mostrou orgulho
no resultado deste evento e considerou que a tecnologia apresentada e
o número de visitantes do primeiro dia são um "bom presságio" para o
setor, referindo que o certame tem um impacto de "cerca de 200 milhões
de euros" na economia da região.
*a convite da Feria de Zaragosa

http://www.vidarural.pt/news.aspx?menuid=8&eid=6199&bl=1

Sem comentários:

Publicar um comentário