terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Ministra da Agricultura tem esperança que chova em breve

13.02.2012 - 16:28 Por Ana Rute Silva
24 de 32 notícias em Economia« anteriorseguinte »
Assunção Cristas, ministra da Agricultura, reuniu-se hoje com o seu
homólogo espanhol
(Pedro Cunha/PÚBLICO)
Assunção Cristas admite recorrer a Bruxelas em conjunto com o homólogo
espanhol caso o problema da seca se agrave.
A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, ainda tem esperança de
que "entretanto possa chover e os problemas não se adensem". No final
de uma reunião com o homólogo Espanhol, Miguel Arias Cañete, Assunção
Cristas voltou a admitir que, caso se prolongue a seca meteorológica
que atinge o território nacional, poderá ser articulado um pedido de
ajuda conjunto dos dois países à União Europeia.

"Com certeza que, no próximo Conselho [Europeu] e se for caso disso,
Portugal sinalizará a questão da seca", disse. Ao manter-se o cenário
actual, Espanha e Portugal concertarão posições "para poderem
beneficiar de alguns mecanismos comunitários", afirmou.
O Ministério da Agricultura criou um grupo de trabalho que está a
avaliar os prejuízos provocados pela actual situação de seca. Contudo,
Assunção Cristas ainda tem "esperança que comece e chover e as coisas
se possam resolver".
Em Janeiro, Portugal continental teve o sétimo valor mais baixo de
precipitação desde 1931 (20,4 milímetros, que corresponde a 17% do
normal). O Instituto de Meteorologia confirmou que o país está em
seca, com 76% do território em seca moderada, 13% em seca fraca e 11%
em seca severa.
http://economia.publico.pt/Noticia/ministra-da-agricultura-tem-esperanca-que-chova-em-breve-1533522

Sem comentários:

Publicar um comentário