terça-feira, 19 de julho de 2011

PE apresenta propostas para melhorar a sanidade apícola

18-07-2011

O Parlamento Europeu prepara uma informação sobre a saúde das abelhas
e os desafios que o sector apícola enfrenta.
O documento contém 33 propostas dentro do âmbito da investigação;
produtos veterinários, efeitos na agricultura moderna na apicultura,
segurança, qualidade e reforma da política agrícola comum (PAC).
Em relação à investigação, a informação pede um aumento de poios para
a investigação em matéria de saúde das abelhas no contexto do próximo
quadro financeiro, a criação de um comité director, junto com
representantes do sector apícola, que colabore no estabelecimento do
programa actual de trabalho do laboratório de referência da União
Europeia (UE) e que se promova um maior intercâmbio de informação
entre Estados-membros, laboratório e apicultores.

O Parlamento solicitou também um maior apoio, por parte da Comissão,
para a investigação de novos medicamentos para a saúde das abelhas,
assim como o desenvolvimento de normas mais flexíveis de autorização e
disponibilidade de produtos veterinários, em especial das medicinas de
origem vegetal.
O mesmo pede ainda uma melhoria da metodologia da avaliação de riscos
para os pesticidas; que se estabeleça um sistema de notificação prévia
obrigatória aos apicultores em todos os Estados-membros e o
desenvolvimento de investigação aos possíveis efeitos negativos das
culturas geneticamente modificadas na saúde das abelhas.
Os deputados pedem ainda que sejam estabelecidos limites de não
intervenção ou valores de referência para os antibióticos no mel,
assim como um sistema de valores máximos de resíduos, harmonização dos
controlos fronteiriços veterinários e do mercado interior,
considerando necessário clarificar as definições jurídicas de todos os
produtos apícolas e a introdução de sistema de etiquetagem obrigatória
com a indicação do país de origem, incluindo no caso de misturas de
mel, onde devia ser indicado cada uma das regiões de origem.
Em relação à reforma da PAC, o documento solícita mais recursos
financeiros, uma rede de segurança ou um sistema de seguros comum para
a apicultura de forma a atenuar o impacto das situações de crise nos
apicultores, a classificação do açúcar utilizado e o reforço e
desenvolvimento de medidas agro-ambientais específicas para o sector
apícola.
Fonte: Agrodigital

http://www.confagri.pt/Noticias/Pages/noticia40487.aspx

Sem comentários:

Publicar um comentário