quarta-feira, 25 de julho de 2012

Cortiça, um bem nacional

Associação

Apcor
24/07/12 00:05

Está em discussão uma nova proposta para alterar a lei que envolve a
rearborização da floresta portuguesa.

O Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Desenvolvimento
do Território e o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas
(ICNF) têm, em cima da mesa, uma nova proposta para alteração da lei
no que toca à arborização e rearborização da floresta portuguesa. Esta
proposta tem motivado uma forte participação pública dos agentes do
sector, no que toca à sua análise e discussão, e que foi evidente no
workshop "Regime de arborização e rearborização - diferentes
perspectivas" que decorreu a semana passada, na Torre do Tombo, em
Lisboa. Este encontro, que abordou temáticas como a "Conservação da
natureza e biodiversidade", "Gestão florestal e políticas de solo e da
água", "Economia e fileiras florestais" e " Floresta e ordenamento do
território", pretendeu recolher as posições de entidades
representativas dos sectores, bem como a troca de argumentos entre
quem possui sobre o assunto visões contrastantes.

A este nível, a Associação Portuguesa da Cortiça (Apcor) regista a
importância da fileira florestal portuguesa, onde se inclui a cortiça,
para a economia portuguesa, quer ao nível da exportação, quer ao nível
do tecido económico-social do nosso país e, ainda, como garante da
conservação dos recursos naturais e da paisagem de Portugal,
destacando-se a protecção do solo e da água e a manutenção das
espécies e habitats protegidos e da fixação de populações em
determinadas regiões do país, sendo que a floresta é um factor
determinante do ordenamento territorial.

http://economico.sapo.pt/noticias/cortica-um-bem-nacional_148927.html

Sem comentários:

Publicar um comentário