quarta-feira, 25 de julho de 2012

Peças de mobiliário em cortiça seduzem clientes do Brasil a Nova Iorque

Inovação

Sara Piteira Mota
25/07/12 00:05



Cadeiras, mesa-de-cabeceira e banco de jardim são algumas das peças em
cortiça criadas pela Corque e já um sucesso fora de Portugal.

Lançada em Milão em 2009, a portuguesa Corque foi eleita pela reputada
revista norte-americana "Wired" como uma das grandes inovações do
último ano. A ideia surgiu em 2005, quando a empresária portuguesa de
33 anos, Ana Mestre, fundou a Corque e criou o conceito 'Design Cork'.

"Explorando a cortiça como matéria-base para a sua produção, a Corque
desenvolve produtos de eco-design de alta qualidade", explicou a
empreendedora. Na fundação da marca esteve ainda envolvido Gonçalo
Riscado, gestor cultural. Hoje a microempresa conta com quatro
funcionários residentes e mais nove colaboradores (a equipa criativa),
que desenvolvem as peças.

Presente em vários países europeus e nos Estados Unidos, a Corque
nasceu com uma estratégia de exportação pensada desde o primeiro dia.
Depois de ter sido lançada em Milão, foi apresentada nos Estados
Unidos. Este ano, vai "estar no Japão, em Junho. O Brasil vai ser a
nossa aposta mais estratégica em 2013", adianta a 'designer'
portuguesa. Para já, a Corque não tem lojas próprias, mas em breve
será possível comprar na loja 'online' em www.corquedesign.com.

http://economico.sapo.pt/noticias/pecas-de-mobiliario-em-cortica-seduzem-clientes-do-brasil-a-nova-iorque_149066.html

Sem comentários:

Publicar um comentário