quinta-feira, 26 de julho de 2012

Corticeiras vão ter de importar


Incêndios: Falta de matéria-prima obriga a recorrer a Alentejo e Espanha

As corticeiras algarvias vão ter de recorrer a cortiça alentejana e espanhola, nos próximos anos, perante a falta da matéria-prima na serra do Caldeirão, na sequência do incêndio da semana passada.
1h00Nº de votos (1) Comentários (1)
Por:João Mira Godinho com Lusa

"Vamos ter de comprar praticamente tudo fora do Algarve", explicou Sandra Correia, empresária do sector, que anualmente transforma cerca de 1500 toneladas de cortiça. "A qualidade é, no fundo, o grande prejuízo que temos, porque sabemos que a cortiça do Algarve é a que tem a maior qualidade", acrescentou a empresária da zona de São Brás de Alportel, concelho que, com Tavira, foi o mais afectado pelas chamas que lavraram durante 75 horas.

Ontem Portugal pediu imagens de satélite da área ardida ao Centro de Monitorização e Informação do Mecanismo de Protecção Civil da União Europeia. Estes pedidos são frequentes, em casos de grandes incêndios, para que se possa avaliar a dimensão do problema e definir as acções necessárias.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/corticeiras-vao-ter-de-importar

Sem comentários:

Publicar um comentário