terça-feira, 18 de novembro de 2014

Copa-Cogeca insta CE a acelerar programas de desenvolvimento rural

17-11-2014 
 

 
O Copa-Cogeca instou a Comissão Europeia a acelerar a adopção de programas de desenvolvimento rural da União Europeia, caso contrário o risco de adiamento para Maio de 2015, deixa os agricultores, proprietários florestais e cooperativas incapazes de fazerem planos com antecedência.

A organização pede à Comissão Europeia que active muitos programas de desenvolvimento rural da União Europeia (UE) para 2014-2020, se possível até ao final do ano, considerando que o não procedimento dos mesmos coloca em risco de serem realizados até Maio de 2015, o que poderá ter impactos negativos sobre os agricultores, florestais e nas cooperativas agrícolas.

O secretário-geral do Copa-Cogeca, Pekka Pesonen, advertiu que «o Copa-Coeca está seriamente preocupado com o facto de alguns programa de desenvolvimento rural para 2014-2020 não estarem prontos para adopção até 31 de dezembro de 2014. E se assim for, não serão capazes de ser aprovados antes de Maio de 2015 por razões processuais relativas a revisões do orçamento da União Europeia, o que poderia ter um grave impacto sobre os agricultores, no sector florestal e nas cooperativas agrícolas».

Pesonen prosseguiu, declarando que «contra os desafios crescentes, os agricultores, proprietários florestais e os compromissos das cooperativas não podem ser colocados em risco. A sua contribuição para o crescimento do emprego nas zonas rurais da União Europeia e para as metas climáticas e ambientais é fundamental e tem que se ter em conta. As medidas relativas aos auxílios dirigidos ao investimento e apoio a jovens agricultores são de extrema importância para o sector».

O responsável concluiu que este apoio é fundamental para garantir uma agricultura e silvicultura viável na União Europeia e também para assegurar a renovação das gerações. Pro esta razão o Copa-Cogeca insta a Comissão Europeia a acelerar a adopção dos programas, sem afectar a qualidade e os objetivos dos mesmos.

Fonte: Copa-Cogeca

Sem comentários:

Publicar um comentário