sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Agricultura: CAP alerta para furto de oliveiras e videiras acabadas de plantar no Alentejo

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) alertou para um novo
tipo de furto nos campos do Alentejo, o de oliveiras e videiras
acabadas de plantar, apelando ao Governo para que reforce o
patrulhamento policial na região. "As oliveiras são plantadas e, dois
ou três dias depois, os ladrões vão e arrancam as plantas para
replantar noutro lado. Cada planta vale mais ou menos dois euros, se
furtarem numa noite mil plantas, são dois mil euros", contou à Lusa o
secretário-geral da CAP, Luís Mira. Contactado também pela Lusa, o
oficial de relações públicas do Comando Territorial de Beja da GNR,
tenente-coronel José Candeias, adiantou que, desde o início do ano,
foram registados "três casos" de furto de oliveiras acabadas de
plantar.

http://www.radioplanicie.com/gestao/noticias/index_noticias.php?noticia=5042

Sem comentários:

Publicar um comentário