domingo, 6 de novembro de 2011

Incêndios florestais: Investigador de Coimbra coordena livro que explica comportamento do fogo

NACIONAL
2011-11-04visitas (123)comentários (0)

autor
Lusa
contactar44308
O investigador Xavier Viegas coordenou o livro 'Incêndios Florestais', que pretende ser um manual de introdução ao tema, anunciou hoje a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC).

Xavier Viegas, professor na FCTUC, disse à agência Lusa que a obra se centra no comportamento do fogo e na questão da segurança pessoal, que muitas vezes é descurada neste tipo de publicações.


'É um livro prático, com ideias concretas, que resulta dos estudos e investigações que fazemos há mais de 25 anos', referiu o académico, salientando que o "trabalho não pode ser teórico, dado que tem reflexos no dia a dia'.

O coordenador da obra considerou que 'existiam muitos textos dispersos, mas fazia falta um livro que reunisse uma visão geral, para os estudantes e técnicos de Proteção Civil que queiram fazer uma abordagem mais fundamentada ao problema'.

O livro aborda os modelos de previsão do comportamento extremo do fogo, 'em que condiçõ

es meteorológicas extremas ou uma topografia acentuada dão origem ao desenvolvimento do fogo de forma muito acentuada, situações que têm originado acidentes com vítimas mortais'.

Entre estas, estão os casos de Famalicão da Serra, em 2006, com seis vítimas mortais, cinco chilenos e um português, ou Mortágua, em 2005, onde morreram quatro sapadores florestais de Coimbra.

Segundo o professor Xavier Viegas, os modelos de previsão do comportamento do fogo têm conseguido explicar aos bombeiros e técnicos de Proteção Civil estas ocorrências, tentando prevenir acidentes no futuro.

O estudo destes comportamentos tem vindo a ser desenvolvido no Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais da FCTUC, único a nível europeu, que há mais de 25 anos desenvolve investigação nesta área.

Além de textos de Xavier Viegas, o livro conta também com a colaboração dos investigadores Carlos Rossa e Luís Mário Ribeiro, tendo sido lançado pela editora alemã Verlag Dashofer.

http://www.correiodominho.com/noticias.php?id=55931

Sem comentários:

Publicar um comentário