sábado, 23 de fevereiro de 2013

Carne picada a granel tem conservantes perigosos

DECO DESACONSELHA CONSUMO

por Ana Bela FerreiraOntem27 comentários


Elevada concentração de sulfitos pode provocar náuseas e crises de
asma. Deco vai pedir a ministério que proíba venda

A carne de vaca previamente picada a granel nos talhos não tem
qualidade para ser consumida e por isso a Deco pede para que deixe de
ser comercializada e desaconselha os consumidores a comprá-la. A
Associação de Defesa do Consumidor analisou 34 talhos da Grande Lisboa
e Grande Porto e alerta para os riscos do consumo da carne já picada,
considerando que a fiscalização "falhou". De tal forma que vai
"exigir" ao Ministério da Agricultura a proibição da sua venda,
permitida em Portugal só nos anos de 1990, e "desaconselhar a compra".
O DN ouviu ainda a Associação de Médicos Veterinários e Inspetores
Sanitários, que garante o cumprimento de todos requisitos na hora do
abate. "A inspeção sanitária está sempre presente no matadouro; depois
nas salas de desmancho e salsicharias é da responsabilidade do
operador económico fazer um autocontrolo", aponta a presidente da
assembleia geral da associação, Ana Guerreiro.
Numa pesquisa, hoje divulgada na revista Deco Proteste, a associação
indica que há amostras conservadas a mais de 10 graus, quando a lei
impõe como limite os dois graus. "Em média, a carne é guardada a
cinco, seis graus, uma temperatura superior à indicada nos
expositores", explica ao DN o engenheiro químico que conduziu a
pesquisa, Nuno Lima Dias.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=3067652

Sem comentários:

Publicar um comentário