sábado, 23 de fevereiro de 2013

Venda de carne de cavalo aumenta em França

Consumo

22-02-2013
A publicidade suscitada pela descoberta de carne de cavalo não
identificada em diversos produtos vendidos na Europa está a ser boa
para os comerciantes.

Em França, por exemplo, a procura por carne de cavalo aumentou 15%
desde que a polémica despoletou, segundo a Interbev Equins, associação
francesa dos produtores de cavalo.

Daniel Adam, um dos talhantes ouvidos pelo jornal 'The Guardian', diz
que o facto de "toda a gente" falar sobre carne de cavalo aviva
memórias. "As pessoas pensam: 'Ahh... Carne de cavalo, tinha-me
esquecido dessa opção, tenho de voltar a comprar'", diz.

De acordo com o jornal britânico, os franceses consomem cerca de 20
mil toneladas de cavalo por ano, ou seja, está presente em cerca de
16% dos agregados familiares franceses.

Em Portugal, o efeito da publicidade também tem sido positivo. No
talho de Carlos Espadilha, proprietário da Espadilha & Simões, a
procura também aumentou entre 10 a 15% desde que se identificou carne
de cavalo numa das lasanhas vendidas pela Nestlé, em Portugal.

Neste momento o talho está a vender cerca de 350 kg de carcaça por semana.

http://www.sabado.pt/Multimedia/FOTOS/Dinheiro/Vendas-de-carne-de-cavalo-aumentam-em-Franca.aspx

Sem comentários:

Publicar um comentário